quarta-feira, 31 de julho de 2013

Palestras e oficinas gratuitas em Itaboraí

As palestras e oficinas da Consciência Ampla são gratuitos.
Você pode levar sua lâmpada queimada e trocar por uma lâmpada econômica nova, além de se manter informado e poder usufruir dos serviços oferecidos pela Ampla em cada evento (como o cadastramento na Tarifa Social, oficinas, etc.).

Veja os dias e horários:

31/07/2013
Consciência Ampla Oportunidade – Oficina Mercado de Trabalho
A oficina trabalha temas relacionados à inserção no mercado de trabalho com jovens de 18 a 25 anos.
Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) – Itambi – Itaboraí. De 18h às 21h.

01/08/2013
Consciência Ampla Cidadania – Tarifa Baixa Renda
Acompanhamento de famílias em condição de vulnerabilidade social, através de palestras informativas para conhecimento e cadastramento da Tarifa Social de Energia Elétrica.
Central do Bolsa Família – Centro – Itaboraí. De 10h às 16h.


02/08/2013
Consciência Ampla Cidadania – Tarifa Baixa Renda
Acompanhamento de famílias em condição de vulnerabilidade social, através de palestras informativas para conhecimento e cadastramento da Tarifa Social de Energia Elétrica.
Central do Bolsa Família – Centro – Itaboraí. De 10h às 16h.


Vaga de emprego para Almoxarife em Itaboraí

Empresa no ramo de alimentação localizada no centro de Itaboraí contrata para início imediato
Almoxarife com experiência em Tec Food.
Interessados enviar currículo no corpo do e-mail para mcristinaseixas@yahoo.com.br.

Favor só enviar currículo se tiver a experiência solicitada.

A empresa oferece salário + VT + VA + AM para o funcionário.

Daqui

Vaga de emprego de Auxiliar de Auditoria São Gonçalo, Niterói ou Itaboraí

Administradora de Shoppings Centers recruta: Auxiliar de Auditoria

Perfil Técnico 2º Grau completo Conhecimento de Pacote Office com foco em Excel Experiência na função será diferencial

Competências Pró-atividade Trabalho em equipe Planejamento e organização Excelência nos relacionamentos Flexibilidade e adaptação Foco no resultado

Atividades a desenvolver Fiscalização de vendas nas lojas Coleta de redução Z Elaborar relatório de vendas

Informações   Escala: 6X1 no horário das 16h às 22h  Residir próximo a São Gonçalo, Niterói ou Itaboraí

Salário: R$ 814,00 + VT + VA + AM + AO + seguro de vida

Interessados enviar o currículo, no corpo do e-mail, para curriculosg@yahoo.com.br com o tema: Auxiliar de Auditoria

Daqui

Vaga de emprego Bombeiro Hidráulico Itaboraí Rio de janeiro RJ

 Bombeiro Hidráulico – Itaboraí RJ

Descrição da vaga/ Requisitos: – Necessário morar nas proximidades; – Experiência de 1 ano na função; – Desejável já ter atuado em construção Civil.

Idade: Indiferente Sexo: Masculino. Salário: R$ 1.384,00 a R$:1.595,00.

Benefícios: – Vale-transporte; – Vale-refeição (R$20,00) ao dia; – Cesta básica;

Interessados, favor encaminhar currículo NO CORPO DO E-MAIL, para thaina@systemrio.com.br

Daqui

terça-feira, 30 de julho de 2013

IX Conferência Municipal de Assistência Social em Itaboraí


A Prefeitura de Itaboraí promove, nesta quarta-feira (31/07), a IX Conferência Municipal de Assistência Social, sob o tema “A Gestão e o Financiamento na Efetivação do Suas (Sistema Único da Assistência Social)”, com palestras de Antonio José Henriques, diretor executivo do Fundo Nacional de Assistência Social, e de Nelma de Azeredo, subsecretária de Assistência Social e Descentralização da Gestão.

Na programação estão previstos plenárias temáticas, palestras, debate, plenária final e eleição de delegados.

O prefeito de Itaboraí, Helil Cardozo, e seu vice e secretário de Desenvolvimento Social, Audir Santana, abrirão o evento às 9h.

Programação:

7:30h às 8:30h – Credenciamento

8:30 – Café Colonial

9h - Solenidade de Abertura

10h – Leitura e aprovação do Regimento Interno da Conferência

10:30h – Palestra Magna

12h – Debate

12:30h – Almoço

14h – Plenárias Temáticas

16:30h – Eleição de Delegados

17h – Encerramento

Local:

Espaço Vera Gol Esporte e Lazer - Avenida 22 de Maio, 3.428, Outeiro das Pedras, Itaboraí

Itaboraí ganhará praça dedicada ao esporte e à cultura



Área de 3 mil m² terá equipamentos diversos e será construída em seis meses

Itaboraí vai ganhar uma Praça dos Esportes e da Cultura (PEC), com cerca de 3 mil m², no bairro Calundu. A obra da Prefeitura é fruto de uma parceria com o Governo Federal, com projeto feito em conjunto com os ministérios de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Cultura, Esportes, Trabalho e Emprego e Justiça. Além de uma grande área de lazer, o equipamento vai possibilitar a realização de programas e ações setoriais destas pastas, visando à promoção da cidadania.

A área será dotada de quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground e pista de corrida e caminhada, além de dois edifícios com salas multiuso, um polo do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), biblioteca, telecentro e um auditório para 60 pessoas, com camarim. A praça ficará na esquina da Avenida Genésio da Costa Cotrim com a Rua Ilda Araújo. As obras têm previsão de inicio em agosto, e devem durar seis meses.


“Essa PEC será fundamental para a evolução do esporte na região, que é a continuação da educação recebida na escola. Os benefícios de uma atividade física são inestimáveis para a saúde e, com um local equipado, não tenho dúvidas de que toda a população vai se beneficiar” - disse Sérgio Gil, secretário municipal de Esporte e Lazer, ao lado de Alexandre Arêas, subsecretário da pasta.

O secretário de Esporte já agendou conversas com outros secretários do município, com a intenção de planejar ações contínuas de cidadania na futura praça. A ideia é integrar as secretarias, promovendo atividades constantes de educação, saúde, entretenimento e ações sociais, incluindo políticas de prevenção à violência e inclusão digital para revitalizar toda a região. O entorno será arborizado e contará com bicicletário e espaços destinados à leitura.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Itaboraí confirma adesão ao programa Mais Médicos, do Governo Federal

Itaboraí confirma adesão ao programa Mais Médicos, do Governo Federal

O município de Itaboraí vai aderir ao programa “Mais Médicos”, do Governo Federal. A estimativa inicial da Secretaria Municipal de Saúde é a de preencher 13 vagas, número que pode aumentar até o prazo final da inscrição, em 25 de julho. De acordo com o Prefeito Helil Cardozo, o objetivo é combater a falta de profissionais, problema crônico em nível nacional, e que também assola, há tempos, a cidade. Atualmente, 357 médicos trabalham nas unidades públicas de Itaboraí.

“Vamos contratar mais médicos, porém, precisamos de muitos para atender a demanda que a nossa população necessita. O programa federal ‘Mais Médicos’ ampliará a presença desses profissionais nas Unidades de Saúde da Família da nossa cidade”, ressaltou Helil Cardozo. “Quem precisa de atendimento médico não pode esperar. Trata-se de uma medida emergencial para garantir atendimento o mais rápido possível à população”.

De acordo com a Medida Provisória 621/13, a prioridade é contratar médicos formados no Brasil. Caso as vagas não sejam preenchidas pelos brasileiros, só então o governo contratará médicos estrangeiros ou brasileiros formados no exterior, sendo que os últimos terão preferência dentro deste grupo.

Entre os objetivos listados estão diminuir a carência de médicos nas regiões prioritárias para o Sistema Único de Saúde (SUS), de modo a reduzir as desigualdades nesta área; fortalecer a prestação de serviços em saúde no país e ampliar a inserção do médico em formação nas unidades de atendimento do SUS.

Além do salário de R$ 10 mil, os profissionais também receberão do Governo Federal auxílio para deslocamento, que não será contínuo. A jornada de trabalho será 40 horas semanais.

“Já adianto que nenhum médico que atua na nossa rede de atenção básica receberá salário inferior a um profissional contratado pelo Governo Federal. O que for necessário fazer no sentido de readequação salarial nós faremos, desde que o profissional cumpra a jornada de 40 horas”, adiantou o secretário municipal de Saúde, Edilson Francisco dos Santos.
A partir do dia 2 de setembro, os médicos já começam a atuar nos municípios contemplados.

Mais saúde para Itaboraí

A contratação de médicos integra o pacote de medidas para ampliar o acesso à saúde em Itaboraí. Além de iniciar em setembro a construção de mais 11 postos de saúde da família, durante o encontro com a Presidenta Dilma Rousseff realizado no último dia 08 em Brasília/DF, o prefeito Helil Cardozo também conseguiu recursos para reformar e ampliar todos os postos de saúde da cidade.

“Aproveitei a oportunidade e solicitei alguns investimentos para nossa cidade. Com o lançamento do programa ‘Mais Médicos’, faremos a reforma e a requalificação de todas as unidades básicas de saúde (UBS). O Programa Saúde da Família tem que funcionar de verdade”, afirmou Helil.

Itaboraí possui 35 PSFs, além de duas unidades de especialização médica, um Hospital Municipal e um Atendimento Médico de Emergência (AME).

domingo, 28 de julho de 2013

III Conferência Municipal de Cultura de Itaboraí

No próximo dia 30, as 13 hrs, a prefeitura de Itaboraí, através de sua Fundação Cultural irá promover a III Conferência Municipal de Cultura que, além de ser uma proposta do governo federal, atende os anseios do prefeito Helil Cardozo que deseja ouvir toda a sociedade para a construção do Plano Municipal de Cultura de Itaboraí que definirá as metas do município nas ações para a cultura e a oportunidade de escolher representantes da sociedade para delegados do encontro estadual e o Nacional.



Segundo o prof. Cláudio Rogério Dutra, presidente da Fundação Cultural de Itaboraí “É o melhor momento de resgatar o orgulho de nossos artistas; das pessoas que vivem e respiram cultura, de ouvir a voz das ruas, dos cidadãos que promovem nossa arte e nossa cidadania; É o teatro falando poesia, é a música cantando o artesanato, é a literatura descobrindo as culturas urbanas, as artes plásticas pintando a dança, é o folclore falando de memória, todos contribuindo com o fortalecimento da nossa cultura. Só que para isso ocorrer, é fundamental a construção de uma forte parceria entre o poder público e a sociedade civil a de novas políticas públicas que atendam a todos esses anseios.

Informações: Casa Heloisa Alberto Torres - Tel 3639 - 2022
Praça Mal Floriano Peixoto, 303, centro - Itaboraí.
E mail: casaheloisaalbertotorres@itaborai.rj.gov.br

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Conleste discute Objetivos de Desenvolvimento do Milênio


A Prefeitura de Itaboraí sediou, na sexta-feira (19/07), um encontro entre representantes dos municípios do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Região Leste Fluminense (Conleste) para discutir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), projeto da Organização das Nações Unidas (ONU) firmado em 2000, que estabelece “oito jeitos de mudar o mundo”, a fim de dar resposta aos grandes problemas que a humanidade enfrenta.

“É um privilégio grande receber um evento que tem uma meta tão importante como essa. Aliás, oito metas. Posso garantir que Itaboraí está inserida com total dedicação para cumprir estes objetivos, e estamos à disposição para auxiliar nossas cidades vizinhas no intuito de caminharmos todos juntos rumo ao sucesso para nossa população”, disse o prefeito Helil Cardozo, ao lado do secretário municipal de Trabalho e Renda, Álvaro Adolpho, diretor-geral do Conleste.

O evento contou, ainda, com a presença de Maurício Garcia, assessor da Secretaria Geral da Presidência da República. Durante a reunião, foram discutidas a importância da participação dos municípios no cumprimento de suas metas e a necessidade da integração entre as cidades para o exercício de uma gestão que facilite na execução de planejamentos estratégicos e no desenvolvimento dos serviços públicos. Para facilitar, o Governo Federal criou a Agenda de Compromissos dos ODM, que mostra aos prefeitos os principais projetos e programas que devem ser implantados para o alcance das metas do milênio.

“Nossa intenção é trazer para Itaboraí as possibilidades de melhorar os indicadores do município por meio das políticas públicas oferecidas pelo Governo Federal. Temos vários programas disponíveis para auxiliar e fazer a cidade buscar recursos a nível nacional para serem investidos na população local”, disse Maurício Garcia.

Os oito ODMs estabelecidos pela ONU são: acabar com a fome e a miséria; educação de qualidade para todos; igualdade entre sexos e valorização da mulher; reduzir a mortalidade infantil; melhorar a saúde das gestantes; combater a Aids, a malária e outras doenças; qualidade de vida e respeito ao ambiente, e todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento. O Brasil se encontra bem posicionado em relação às suas metas e é considerado referência internacional.

“Não basta ter ideias. Precisamos de gente capacitada e com boa vontade para colocá-las em prática. Querer fazer é, sem dúvidas, o mais importante. E tenho certeza de que, abrindo as portas para nós, Itaboraí quer fazer. O Brasil tem que alcançar as metas até 2015, mas são nos municípios que elas se iniciam”, disse Cristina Pinheiro, coordenadora da ODM no estado do Rio de Janeiro.

Estágio em Contabilidade em #Itaboraí

Vaga para estagiário (a) de Ciências Contábeis em obra de construção civil.

Idade: 25 a 35 anos

Carga horária de 30 horas semanais (6 horas dia de seg. a sexta)

Bolsa auxílio de R$800,00 (oitocentos reais) inicial.

Preferencialmente moradores de ITABORAÍ.

Interessados enviar CV no corpo do e-mail para: curriculo@referenciarh.com no assunto colocar: ESTÁGIO CONTABILIDADE.

Obs.: E-mails com CV anexados serão automaticamente excluídos.

Via Vagas Itaboraí

Motorista Operador de Munck #Comperj #Itaboraí

Vaga para motorista operador de munck para obra no COMPERJ.

Homens com idade até 43anos.

Necessário:
Experiência comprovada em Carteira;
Curso de Munck;

Salário:
R$1.985,72

Benefícios:
Alimentação no local;
Plano de saúde;
Plano odontológico;
Seguro de vida;
Vale Alimentação (R$360,00)

Preferência para moradores de ITABORAÍ.

Interessados enviar CVno corpo do e-mail para: curriculo@referenciarh.com no assunto colocar MOTORISTA MUNCK.

Obs.: E-mails com CV anexado serão automaticamente excluídos.

Via Vagas Itaboraí

Usuários do Itaprevi precisam se recadastrar a partir desta segunda-feira (29/07)



O prefeito Helil Cardozo sancionou este mês a lei complementar que reestrutura o serviço de assistência médica oferecido pelo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Itaboraí (Itaprevi), e fará com que a remuneração dos médicos conveniados, que em janeiro era de R$ 18, passe para R$ 35, significando um aumento de 94,4%. Para tanto, foi preciso um reajuste na alíquota de contribuição dos beneficiários, que passará a ser de 3,8% sobre o vencimento mensal. Atualmente, o percentual descontado é de 3%. O objetivo, segundo o presidente do Itaprevi, Geraldo Saraiva, é o de aumentar o número de profissionais de saúde interessados em se conveniar ao Instituto, melhorando a qualidade do atendimento.
“Quando assumi a presidência do Itaprevi, os médicos conveniados ganhavam apenas R$ 18 por cada consulta, o que é irrisório. Com isso, muitos profissionais se desvincularam do Instituto. Já na primeira semana de janeiro, aumentamos este valor para R$ 23, e em maio, reajustamos para R$ 30, sem alterar a alíquota dos contribuintes. Com a nova reestrutura da Assistência Médica, que passa a valer a partir de outubro, o valor da consulta pago pelo Itaprevi será de R$ 35, totalizando quase 95% de aumento”, destacou Saraiva.
A partir desta segunda-feira (29/07), todos os usuários do serviço de assistência médica do Itaprevi precisam se recadastrar, quando poderão optar pela adesão ao novo sistema ou, se preferirem, se desvincular do benefício. O prazo de recadastramento termina em 30 de setembro. Os interessados em aderir ao novo serviço devem comparecer à sede do Itaprevi ou à Secretaria de Administração, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, munidos dos seguintes documentos: original e cópia do RG, CPF e contracheque, e assinar um novo Termo de Adesão. Caso haja dependentes, é necessário apresentar original e cópia da certidão de casamento, no caso de cônjuge, ou certidão de nascimento, para filhos. Quem não desejar continuar com o benefício deve comparecer aos locais para formalizar a desvinculação.
O presidente do Itaprevi lembra que o recadastramento também é fundamental para o levantamento de dados dos titulares e atualização dos dependentes.
“Após o período de recadastramento, serão confeccionadas as carteirinhas de utilização de Assistência Médica,  oferecendo mais organização aos beneficiários”, ressaltou Geraldo Saraiva.
Atualmente, o Itaprevi garante cobertura médica nas especialidades de angiologia, cardiologia, clínica médica, dermatologia, endocrinologia, gastroenterologia, ginecologia, neurologia, obstetrícia, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pediatria, proctologia, psiquiatria, pneumologia, reumatologia e urologia. Também há serviços de fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e odontologia.
O Itaprevi fica na Rua São João, 101, Centro. A Secretaria Municipal de Administração é localizada na Rua Fidélis Alves, 47, Centro. Mais informações pelo telefone (21) 2635-2439 ou 2639-2061, ramal 305.

Itaboraí sedia reunião estadual de educação integral


O Comitê Territorial de Educação Integral do Rio de Janeiro se reuniu em Itaboraí, na quarta-feira (17/07), na sede da Ordem dos Advogados do Brasil do município. O grupo de trabalho se encontra mensalmente, sendo um mês na capital estadual e outro numa cidade diferente. O objetivo é reunir os representantes das secretarias municipais que adotam as políticas de educação integral em suas unidades de ensino.

“Estas reuniões são sempre muito proveitosas, pois servem para ajudar na articulação da construção, implantação e consolidação da educação integral em todo o estado. Tal política é essencial para a complementação da educação que os alunos recebem nas escolas, fortalecendo o crescimento deles como cidadãos por meio de arte, esporte, lazer e cultura”, disse Cinira Maria de Souza, coordenadora municipal de Educação Integral, ao lado de Susilaine Duarte, secretária municipal de Educação e Cultura de Itaboraí.

O início do encontro contou com a apresentação de Daêr da Motta, técnico do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE). Ele esclareceu e tirou dúvidas sobre a nova resolução do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), que leva recursos do Governo Federal diretamente para as unidades de ensino a fim de promover melhorias em suas infraestruturas físicas e pedagógicas, com a consequente elevação do desempenho escolar.

Antes da pausa para o almoço, os profissionais presentes puderam acompanhar uma apesentação de ballet clássico, com 18 crianças da Creche Escola Municipal Francisca Mendes, da Reta Velha. Elas apresentaram o espetáculo “Mundo Melhor”, sob a coordenação da professora Monique Tórtora, arrancando aplausos de todos. A exibição serviu para mostrar como estudantes de qualquer idade podem se desenvolver por meio da cultura. À tarde, todos retornaram para a reunião formal do comitê.

A Prefeitura Municipal de Itaboraí conta, atualmente, com 30 escolas utilizando o Programa Mais Educação para a educação integral, que oferece atividades complementares aos estudantes além do horário normal de aulas. Até o fim do ano, mais 32 receberão o projeto, totalizando 62 em toda a cidade.

O objetivo do prefeito Heli Cardozo é que todas as 86 escolas do município adotem a educação integral até 2016.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Itaboraí realiza 1ª Conferência Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário


Agricultores de Itaboraí participaram, na quinta-feira (18/7), da 1ª Conferência Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca. O evento foi aberto pelo vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Social, Audir Santana, juntamente com o secretário de Agricultura, José Carlos Rodrigues, o Zeca do Pacheco, e a articuladora estadual do Ministério de Desenvolvimento Agrário, Ana Paula Guimarães Farias. A finalidade foi discutir sugestões para a criação do Plano Municipal que, no ano que vem, fortalecerá ainda mais a agricultura familiar na cidade.

Durante todo o dia, foram debatidos, entre outros temas, a reforma agrária e a democratização do acesso à terra e aos recursos naturais, a abordagem territorial como estratégia de desenvolvimento rural e a promoção da qualidade. Os temas debatidos farão parte do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário.

“Vamos levar as propostas que estão sendo formatadas para a 2ª Conferência Nacional, que tem como objetivo a participação de todos os setores da sociedade dos municípios integrantes. Na oportunidade, será discutido o tema Desenvolvimento Socioeconômico e Ambiental do Brasil Rural e Fortalecimento da Agricultura Familiar e Agroecologia”, disse Audir Santana.

Para a representante do Governo Federal no Estado, o encontro, que integra a Conferência Intermunicipal Metropolitana do Rio de Janeiro, serviu como 1º capítulo para que Itaboraí participe do Plano Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário.

“Essas sugestões aprovadas se tornarão políticas públicas para o atendimento do desenvolvimento sustentável da agricultura familiar, auxiliando o Plano Pluri Anual – PPA – que, por sua vez, servirá como base para a construção do plano municipal, que será submetido à Câmara de Vereadores. Com a aprovação do Legislativo, a Secretaria Municipal terá mais recursos no Orçamento para o ano que vem, além de se habilitar a convênios com os governos estadual e federal”, explicou Ana Paula.

As proposições aprovadas foram discutidas por cerca de 60 representantes dos agricultores, jovens das comunidades rurais, assentados e representantes de organizações governamentais e não governamentais.

O secretário Zeca do Pacheco terminou o encontro bastante otimista com os debates para a formulação da política de desenvolvimento rural sustentável.

“Estamos no caminho certo para fortalecer cada vez mais a nossa agricultura”, disse Zeca.

Itaboraí assina convênio com Estado para combater violência contra jovens negros

Programa Juventude Viva mobilizará diversas secretarias municipais

Pesquisa recente revela que os jovens negros dos 15 aos 29 anos de idade merecem atenção especial das autoridades governamentais, pois são os que mais sofrem todos os tipos de violência, além do preconceito racial. Os resultados preocupam e o Governo Federal, que lançou o programa “Juventude Viva: Plano de Enfrentamento à Violência Contra a Juventude Negra”, formalizando parcerias com os governos estaduais que, por sua vez, recebem adesão das cidades mencionadas na pesquisa, para o desenvolvimento de ações preventivas.

Na terça-feira (16/7), o prefeito Helil Cardozo assinou o Termo de Adesão ao programa junto ao Governo do Estado o. A pesquisa mostra que, pela ordem, Itaboraí é a 7ª cidade fluminense com o maior índice de violência contra o jovem negro. Municípios como Rio de Janeiro, São Gonçalo e Campos estão entre os cinco mais violentos. A cerimônia será às 15 horas no Salão Nobre da Prefeitura.

Recentemente, a convite do vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Social, Audir Santana, o superintendente estadual de Juventude, Tiago Santana, esteve na cidade. Segundo ele, a pesquisa encomendada pelo Governo Federal mostra a realidade do Rio de Janeiro, e que ações devem ser desenvolvidas para mudar o quadro.

“O governo federal investirá cerca de R$ 180 milhões no programa. Em todo o país, 70% dos homicídios contra jovens negros concentram-se em apenas 132 municípios brasileiros, sendo que 13 são do Estado do Rio de Janeiro. Em 2010, 26.854 jovens entre 15 e 29 anos foram vítimas de homicídio, ou seja, 53,5% do total, sendo que 74,6% dos jovens assassinados eram negros”, acrescentou Tiago.

Segundo o coordenador municipal de Juventude, da Secretaria de Desenvolvimento Social de Itaboraí, Henrique Souza, o Programa Juventude Viva inclui uma série de ações na cidade.

“Em setembro, a Secretaria Estadual de Ação Social vai liberar R$ 3 milhões para que possamos iniciar, nos bairros, uma nova realidade em termos de educação, cultura etc. Várias secretarias municipais estarão envolvidas neste programa para desenvolver, nos próximos quatro anos, ações como cursos de teatro, música e qualificação profissional para jovens negros ou não, de baixa renda, na faixa etária dos 15 aos 29 anos”, explicou Henrique Souza.

O Juventude Viva tem como objetivo reduzir a vulnerabilidade dos jovens negros à violência e prevenir a ocorrência de homicídios, sensibilizando a opinião pública sobre aspectos como a banalização da violência e a valorização da vida desses jovens.

Os 13 municípios fluminenses por ordem de violência, segundo a pesquisa, são: Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Campos dos Goytacazes, São João de Meriti, Itaboraí, Cabo Frio, Niterói, Volta Redonda, Macaé, Magé e Angra dos Reis.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Em Itaboraí, Jovens de 17 países se despedem da Semana Missionária #JMJ


Itaboraí encerrou em grande estilo a Semana Missionária, evento católico que serviu para ambientar os estrangeiros à cultura brasileira e fazer a integração da fé entre os povos em preparação para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). No domingo (21/07), 217 peregrinos de diversos países, hospedados no município e em Tanguá, Rio Bonito e Silva Jardim, cidades que compõem o Vicariato Rural, estiveram no Santuário Jesus Crucificado, em Porto das Caixas, onde foi celebrada uma missa, que contou com a presença do prefeito Helil Cardozo. Já na manhã desta segunda-feira (22/07), 63 equatorianos visitaram a Prefeitura e, à tarde, foram ao Estádio Municipal Alziro de Almeira (Alzirão), onde participaram de uma descontraída partida de futebol.

“Quero agradecer a todos vocês por terem escolhido Itaboraí para se prepararem espiritualmente para esse evento tão importante para a Igreja Católica. Foi muito gratificante recebê-los, e espero que tenham gostado do acolhimento da nossa população. Desde já, estão convidados a voltar, e serão sempre muito bem recebidos” - disse Helil Cardozo aos jovens.

Os equatorianos decidiram permanecer em Itaboraí durante toda a JMJ, indo e voltando para o Rio de Janeiro diariamente para as atividades religiosas da Jornada. Eles estão hospedados em casas de fiéis da Paróquia São João Batista, no Centro, onde ficam até o próximo dia 30.

“Tive o prazer de ir à última JMJ em Madri, em 2011. E se cruzei o Atlântico, não poderia deixar de vir este ano no Brasil. E posso afirmar que a população de Itaboraí é maravilhosa. Muito carismática e acolhedora. Estou ansiosa para ver o papa Francisco, muito emocionada e feliz. Espero aproveitar ao máximo minha estadia no Brasil”, disse Martha Sumba, engenheira química de 41 anos, moradora de Guayaquil, durante a visita à Prefeitura na segunda-feira.

O domingo também foi marcante para os peregrinos. A programação que começou às 13h, com o show de uma banda pop católica e pequenas apresentações culturais de estrangeiros. Ao todo, as nove paróquias do Vicariato Rural receberam pessoas de 17 países: Romênia, Inglaterra, Argentina, República Democrática do Congo, França, Equador, Eslovênia, Canadá, Estados Unidos, Filipinas, Arábia Saudita, Qatar, Bahrain, Suécia, Venezuela, Brasil e Alemanha.

Itaboraí foi escolhida como polo de cadastramento de cerca de mil ônibus que passarão pela rodovia BR 101 para levar os jovens à Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

A Semana Missionária foi um momento de acolhida aos jovens peregrinos, proporcionando o primeiro contato com as famílias brasileiras e a cultura do nosso país, a fim de prepará-los para a JMJ, o evento principal, que acontece de 23 a 28 de julho no Rio de Janeiro, com a presença do papa Francisco e de milhões de pessoas de todo o mundo. A intenção é celebrar a fé católica, além de construir pontes de amizades e esperança entre continentes, povos e culturas

Estudantes de Itaboraí ganham mais um dia para recadastramento no transporte universitário gratuito


A Prefeitura de Itaboraí oferece uma segunda chance a estudantes que perderam o prazo de recadastramento no transporte universitário gratuito. A próxima segunda-feira (29/07) é a última oportunidade para os que ainda não se recadastraram para o segundo semestre de 2013.

Os estudantes devem comparecer ao Espaço Universitário portando documento original de identidade com foto e cópia do comprovante de matrícula no ensino superior. Em caso de mudança de endereço, é necessário original e cópia do comprovante de residência.

Segundo o coordenador do Espaço Universitário,  durante os quatros dias de recadastramento (de 15/07 a 18/07), 78% dos 1.046 usuários do ônibus realizaram seu recadastro.

“Nossa intenção é dar uma segunda chance aos estudantes que por algum motivo ainda não se recadastraram",  disse , lembrando que eles representam 20% do total de beneficiados pelo transporte gratuito. “Mas é a última oportunidade. Quem não vier ao Espaço Universitário na segunda-feira perderá automaticamente sua vaga para outro aluno”, explica.


Quem garantiu sua vaga logo no primeiro dia de recadastramento foi o estudante de Engenharia Ambiental, Lucas de Abreu, 21 anos.

“Vim logo no primeiro dia para evitar filas e garantir minha vaga, e correu tudo tranquilamente. O ônibus universitário é muito importante, ainda mais para mim, que ainda não trabalho e estou à procura de um estágio. É uma tremenda economia”, ressaltou Lucas, parabenizando a fiscalização do ônibus e os motoristas do transporte universitário.

No ato do recadastro, o aluno responderá a um questionário, no qual serão tratados assuntos como fiscalização dos ônibus, avaliação dos motoristas, qualidade de atendimento no Espaço Universitário, eficiência da comunicação junto aos usuários, grade de horários e demais sugestões e críticas. O objetivo é realizar um levantamento sobre o que vem funcionando bem e o que pode ser aperfeiçoado, no intuito de melhorar ainda mais o serviço.

O Espaço Universitário fica na Rua Fidélis Alves, n° 47, Centro, 2° andar, sala 7. O atendimento é das 9h às 17h. Mais informações pelo telefone (21) 3639-1989.

Itaboraí fiscaliza 19 empresas no entorno do Comperj






Fiscais da Prefeitura de Itaboraí estiveram, nesta quinta-feira (18/07), no distrito Sambaetiba, realizando uma operação de fiscalização em 19 empresas localizadas no entorno do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Com apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal, 14 agentes das secretarias municipais de Obras, Meio Ambiente e Urbanismo e Segurança, à qual está subordinada a fiscalização de Posturas, atuaram na ação. Ao todo, 16 empresas apresentaram algum tipo de irregularidade. Foram emitidos 18 autos de infração e 60 notificações..

“Vejo esta operação como uma oportunidade de a administração municipal unir forças a fim de zelar pela regularidade das empresas que atuam no município”, disse Wilson Pereira, subsecretário de atividades econômicas da Secretaria Municipal de Segurança. “É importante dizer que estamos atentos às irregularidades, e preparados para fornecer ao empresário todo o suporte para que ele exerça suas atividades dentro da responsabilidade tributária e em conformidade com a lei”.

As empresas fiscalizadas são dos ramos de hospedagem, transporte, locação de máquinas e equipamentos, lavanderia, dedetização, construções, metalurgia e reciclagem. Das 19, os fiscais de tributos notificaram 16 delas para apresentarem as notas fiscais de serviços, bem como o recolhimento de Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS). Onze empresas não forneceram certificado de licença ambiental no local, 15 foram notificadas a apresentar Habite-se e projeto de edificações, três por publicidade irregular, e outras três foram multadas por embaraço de documentação. No total, 15 firmas foram punidas com autos de infrações por ausência de alvará válido.

Duas das empresas, vizinhas ao Comperj e situadas em um mesmo terreno no Jardim Escurial, chegaram a construir suas instalações no meio de uma via pública, impedindo a livre circulação de veículos e pedestres pela Estrada da Leopoldina. Uma outra, localizada no mesmo bairro, interrompeu suas atividades no local e locou a área para três outras firmas.

A operação, por iniciativa da Prefeitura, ocorereu após ações investigativas e a checagem de denúncias sobre irregularidades de várias empresas na região de Sambaetiba. Antes da operação desta quinta-feira, foi realizado um estudo da área, com o mapeamento das localidades a serem visitadas.

Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Integração com o Comperj, a localidade em um raio de 2km do Complexo sofre diretamente o impacto da construção e funcionamento do empreendimento, necessitando de uma maior atenção dos órgãos públicos e também da Petrobras, empresa responsável pelas obras.

Itaboraí conclui etapa de obras



A Prefeitura de Itaboraí conclui nos próximos dias a primeira etapa de obras do programa “Asfalto na Porta”, em Porto das Caixas. O prefeito Helil Cardozo vistoriou os serviços e conversou com os moradores da região. Após tomar posse, em janeiro deste ano, Helil conseguiu resgatar a obra, que havia sido interrompida pela gestão anterior do município. Ainda este ano, uma nova parceria inclui mais 24 quilômetros de recapeamento de vias na cidade.

Logo após chegar de Brasília, onde participou da reunião dos prefeitos com a presidente Dilma Rousseff, Helil Cardozo foi ver de perto o andamento das obras.

“Com a conclusão dos trabalhos em Porto das Caixas, começaremos as intervenções em Itambi, onde nove ruas serão recapeadas, num total de 2 Km, e também em Gebara, com mais um quilômetro de asfalto novo”, disse Helil Cardozo.

O programa Asfalto na Porta é resultado de uma parceria entre o governo estadual e a Prefeitura de Itaboraí. Segundo Helil Cardozo, uma nova fase já está garantida, e abrangerá outros bairros, totalizando 24 quilômetros de recapeamento.

 “Na próxima fase, serão contemplados os bairros de Outeiro das Pedras, Conjunto Habitacional da Reta, Venda das Pedras, Jardim Imperial, Ampliação, Aldeia da Prata, Shangrilá, Nova Cidade e Manilha”, afirmou Helil.

Líder comunitário local, Fábio de Melo Vieira, o Fabinho do Porto, recepcionou o prefeito em Porto das Caixas, e demonstrou a satisfação da comunidade com o andamento dos trabalhos:

“O prefeito nos disse que, nos próximos dias, serão concluídos os trabalhos no bairro. Ao todo, são 10 ruas beneficiadas, totalizando 2,5 km só aqui em Porto das Caixas, incluindo a limpeza e a recuperação das caixas de esgoto do bairro, que já foi concluída. Estamos muito satisfeitos”, afirmou Fabinho, que percorreu todas as ruas com o prefeito.

terça-feira, 23 de julho de 2013

Itaboraí recebe peregrinos da JMJ no Dia da Cultura



Cerca de 400 jovens de 16 nacionalidades, que estão no Brasil para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), participaram, na quarta-feira (17/07), do Dia da Cultura, na Praça Marechal Floriano Peixoto, em Itaboraí. O evento, que faz parte da programação da Semana Missionária, reuniu também peregrinos de diversas cidades do entorno, como Niterói, Tanguá, Rio Bonito e Silva Jardim. A Semana Missionária antecede a chegada do papa Francisco ao Rio de Janeiro para a JMJ. O Prefeito Helil Cardozo abriu o evento, acompanhando, junto aos párocos da região, a recepção dos jovens. O prefeito também almoçou com todos os participantes no Colégio Estadual Visconde de Itaboraí.

“Os jovens trazem muita energia positiva. Essa integração é importantíssima, tanto para quem chega, quanto para quem mora aqui. Além da mensagem Cristã, que é passada através desse grande encontro, o intercâmbio cultural que temos aqui é de extrema importância”, disse Helil, que, ao longo da semana, recebeu todos os jovens estrangeiros em seu gabinete e até já arranha algumas palavras em outras línguas. “Já aprendi umas palavras. Até o fim da semana estarei craque”, brincou.

Para o jovem Arturo Goyeneche, de Buenos Aires, a recepção em Itaboraí superou as expectativas, Arturo está hospedado em Porto das Caixas, e se encantou com a história religiosa local,
"A recepção na cidade está sendo maravilhosa. Estou encantado com tudo aqui. Uma pena que só ficaremos uma semana", disse o jovem, que já assistiu missas celebradas pelo papa Francisco na Argentina e garante que o novo Pontífice  foi "uma escolha de Deus".
"O Papa Francisco tem o dom de tocar o coração do povo com a palavra. Tenho certeza de que Deus o escolheu para que a Igreja seja fortificada e para que seus ensinamentos não sejam perdidos", disse Arturo.
Ao longo de toda a quarta-feira, os jovens participaram de diversas atividades na Praça, que mesclavam momentos de oração com ações voltadas ao lazer, incluindo apresentações de dança e música.
Vindo de Camaragibe (PE), o estudante Caio Pereira, de 20 anos, está passando as férias no Rio, e veio a Itaboraí participar do Dia da Cultura.
“Estou muito bem impressionado com a organização do evento. Estão todos de parabéns”, disse Caio.

Os jovens participam de atividades em Itaboraí até a sexta-feira, quando seguem para outras cidades..

Prefeito de Itaboraí faz visitas-surpresa a escolas

O prefeito de Itaboraí, Helil Cardozo, pegou de surpresa alunos, professores e funcionários de seis escolas da rede municipal. Sem avisar, Helil visitou as instituições de ensino para verificar a qualidade dos serviços prestados pela Prefeitura, além de ouvir sugestões dos próprios estudantes e profissionais.
"Quando agendamos uma visita, a escola tem como se preparar para nos receber e os problemas podem ser maquiados. Chegando de surpresa, não tem como esconder nada, e a gente vive o que a comunidade escolar está vivendo", explicou o prefeito, que planeja visitar de surpresa todas as 86 escolas do município.
Na primeira visita desta terça-feira, Helil chegou à Escola Municipalizada Ângelo Buricheantes, em Cabuçu, antes mesmo dos funcionários,e aguardou a hora de abertura do portão. Acompanhado do vereador Zé Manel (PV), da Secretária de Educação Susilaine Duarte e duas subsecretárias da pasta, Helil tomou o café da manhã com os alunos e ouviu deles observações sobre algumsa necessidades da escola.
No mesma manhã, o prefeito e sua equipe visitaram mais cinco unidades, todas na região do 6º Distrito. Durante as visitas, a equipe da Secretaria Municipal de Educação anotou todas as demandas recebidas pelo prefeito. A partir das informações, será iniciado um processo de atendimento personalizado às necessidades de cada escola.
O hábito do prefeito de Itaboraí, Helil Cardozo, de fazer visitas-surpresa a unidades do Município começou no início de sua gestão, quando ele iniciou uma série de idas ao Hospital Municipal Desembargador Leal Junior e aos postos de saúde da cidade. Até hoje, Helil dedicaalgumsa horas de sua agenda, incluindo as madrugadas, para ir pessoalmente às unidade de saúde verificar como anda o atendimento.
“Os secretários já se acostumaram ao meu estilo, e sabem que eu posso ligar a qualquer momento os convocando para ir comigo fazer visitas para checar de perto como a população está sendo atendida”, lembra Helil.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Vaga Técnico em Telecomunicações em Itaboraí


DRH Soluções seleciona,

Vaga Técnico em Telecomunicações - Itaboraí
Requisitos necessários:
Ensino Técnico Completo em Telecomunicações ou Eletrônica
Experiência:
Em telecomunicações, eletrônica, informática, rede de dados e elétrica. Vivência em obras e em instalações de campo.
CNH; B
Salário : R$1300 + 30% + VT + Ticket Refeição de R$15,00 + Seguro de Vida + Assistência Médica e Odontológica

Encaminhar currículo com o título da vaga para: daniselecao@yahoo.com.br Imprescindível mencionar no assunto o nome da vaga VG URG.

Daqui

Itaboraí vai abrir mais nove consultórios odontológicos



A Secretaria Municipal de Saúde planeja a abertura de mais nove consultórios odontológicos em Unidades de Saúde da Família de Itaboraí até o fim deste ano. A meta é ampliar o atendimento dentário nos postos da Reta Nova, São Joaquim, Vale do Sol, Ampliação, Quissamã, Itambi, Sapê, AgroBrasil e Visconde.

Atualmente, já há oferta de serviços odontológicos na rede municipal de saúde em 10 unidades: Areal, Bairro Amaral, Cabuçu, Jardim Planalto, Joaquim de Oliveira, Marambaia, Nova Cidade, Pachecos, Reta Velha e São José.

De janeiro a junho deste ano, o Programa de Saúde Bucal de Itaboraí já realizou 29.731 procedimentos odontológicos. Ao todo, as 10 equipes atendem os pacientes do Programa de Saúde da Família. Além dos atendimentos nos postos, duas Unidades Móveis Odontológicas percorrem toda a cidade levando o serviço de saúde à população.

Nas escolas

Nas escolas municipais, o programa ‘‘É Sorrindo que se Aprende” já ofereceu serviço de saúde bucal a 943 alunos neste primeiro semestre.
Os atendimentos odontológicos também são realizados no Ambulatório Central, localizado na antiga sede da Secretaria de Saúde; no Posto Prefeito Milton Rodrigues da Rocha, no Centro da cidade; na Policlínica de Especialidades José de Oliveira (Filoco), em Manilha, e no Atendimento Médico Emergencial (AME), em Itambi, que já realizou cerca de 2 mil procedimentos.

Também são executados serviços odontológicos no Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior (cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial e higiene bucal em pacientes internados) e na Policlínica de Especialidades Prefeito Francisco Nunes da Silva, ambos em Nancilândia. Nessa unidade, são atendidos, com prioridade, pacientes especiais, com doenças sistêmicas e os que participam do Programa DST/AIDS e Hepatites Virais.

domingo, 21 de julho de 2013

Casa do Artista de Itaboraí cadastra músicos locais e promove shows



Enquanto ainda cadastra músicos locais em busca de divulgação e espaço para apresentações, a Casa do Artista de Itaboraí já abriu suas portas  para o show do sanfoneiro Luiz Carlos e sua banda. As ações têm como objetivo promover eventos voltados para os artistas da cidade, sendo um espaço para exibição de seus trabalhos.

Com muito forró, sertanejo, country, samba e outros ritmos, Luiz Carlos, 64 anos, é conhecido como 'O sanfoneiro do Oeste”. Morador de Manilha, ele se diz satisfeito pelo convite, que lhe permite preservar a cultura nordestina em sua cidade.
“É uma cultura que meu pai passou para mim, a cultura da sanfona de oito baixos. Quero agradecer pela oportunidade de estar aqui mostrando meu trabalho”, disse Luiz, que já atuou como instrumentista em minisséries e novelas de TV.

O presidente da Fundação Cultural de Itaboraí, Cláudio Rogério Dutra, ressalta que esta é a primeira vez que a Casa do Artista realiza uma série de apresentações apenas com nomes locais.

“Aqui, os artistas de Itaboraí terão oportunidade de mostrar seus talentos e, quem sabe, expandir seus campos de trabalho”, disse Cláudio.

Até 30 de agosto, a Casa do Artista realiza o cadastro de músicos do município, incluindo instrumentistas, cantores e bandas de quaisquer estilos. A diretora de Difusão Cultural da Fundação Cultural de Itaboraí, Tatiana Dias, lembra que, apenas depois do cadastro, o sanfoneiro Luiz Carlos surgiu a oportunidade de se apresentar.

“A partir da existência do cadastro, poderemos atender a uma demanda maior, e assim, ajudar os artistas locais com a realização de encontros, palestras e eventos voltados a este público”, ressalta Tatiana.

Ainda segundo a diretora, por ser uma referência de ponto de cultura na cidade, é comum a Casa do Artista ser procurada por diversas pessoas - de empresários à população em geral - em busca de artistas para se apresentarem em festas particulares e até mesmo em casas noturnas. Com o cadastramento dos músicos, as informações sobre os músicos poderão ficar à disposição dos interessados.

Na ocasião, com comidas típicas e brincadeiras, os integrantes da Guarda Mirim de Itaboraí - alunos da rede pública de ensino, de 10 a 14 anos - participaram do evento, comemorando o encerramento do 1° semestre.

Músicos interessados em se cadastrar podem comparecer à Casa do Artista de Itaboraí às sextas-feiras, das 9h às 17h, na Rua Coronel Leal, n° 77, Centro, portando documento de identidade e comprovante de residência.

Itaboraí oferece 100 vagas para curso gratuito de libras


Interessados em aprender a linguagem dos sinais podem se inscrever até 20 de agosto

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Itaboraí, por meio da Coordenação de Educação Especial, está com inscrições abertas até o dia 20 de agosto para o Curso Básico de Libras (Língua Brasileira de Sinais), destinado a surdos e ouvintes.

Com previsão de início em setembro, o curso é gratuito com aulas uma vez por semana, com três horas de duração. O programa é composto por quatro níveis, cada num com duração de seis meses. Ao todo, são 100 vagas, com 25 alunos por turma.

Segundo a coordenadora da Educação Especial, Valéria Sales, o curso será ministrado por dois instrutores surdos, contratados pela rede municipal de ensino. Ao final de cada nível, os alunos recebem certificado de conclusão.

“Um dos principais objetivos é melhorar a comunicação entre surdos e ouvintes”, destaca Valéria.

Os interessados, com idade a partir dos 7 anos - residentes em Itaboraí ou outros municípios - devem comparecer à Secretaria de Educação e Cultura, localizada na Praça Marechal Floriano Peixoto, n°18, centro, ao lado do prédio da Prefeitura de Itaboraí, das 8h às 17h. É necessário levar os seguintes documentos originais: RG, CPF e comprovante de residência. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3639-1355.

Libras

A Língua Brasileira de Sinais (Libras) é uma forma de comunicação e expressão, na qual o sistema linguístico de natureza visual-motora, com estrutura gramatical própria, constitui um sistema linguístico de transmissão de ideias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil. É reconhecida oficialmente e aceita como segunda língua oficial brasileira, por meio da Lei n° 10.436, de 24 de abril de 2002.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Itaboraí recebe visita de técnicos do Iphan


Técnicos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) estiveram em Itaboraí para visitar o túnel ferroviário, em Porto das Caixas, e a antiga estação de trens de Visconde, ambas tombadas pelo município. Ainda este ano, a Secretaria Municipal de Obras começará os serviços de demolição de edificações construídas irregularmente próximas ao túnel. O trabalho, supervisionado pelo Iphan, faz parte de uma ação da Prefeitura de resgate da memória e do patrimônio artístico e cultural da cidade.

“A demolição das edificações será um trabalho quase que artesanal, para evitarmos que o túnel seja danificado. Em seguida, nossa ideia é construir uma praça e um ponto de visitação turística nesta localidade”, diz o secretário de Obras de Itaboraí, Rafael Cohen.

De acordo com o secretário, em relação à antiga estação ferroviária, a ideia é passar a administração da área, hoje sob os cuidados da Secretaria de Patrimônio da União (SPU),  para a Prefeitura. "Também temos planos de revitalização do espaço para fins culturais", explica ele, lembrando que o local tem grande importância histórica, tendo contribuído fortemente para o desenvolvimento de vários municípios fluminenses. Cabe ao Iphan avalizar a cessão do espaço ao Município.

A arquiteta do Iphan Meise Amaral afirmou que, após as devidas inspeções, irá solicitar à SPU a cessão de uso provisório da estação para o instituto, que, por sua vez, poderá transferir ao município por meio da assinatura de um termo de compromisso.

“É importante ressaltar que todos os imóveis concedidos pelo Iphan como bens do patrimônio histórico devem ser utilizados como equipamentos culturais, e isto, a prefeitura tem a intenção de fazer”, ressaltou Meise.

Entendendo a necessidade urgente de preservação e considerando seu alto valor histórico, artístico e cultural, a Fundação Cultural de Itaboraí já solicitou ao Iphan a tutela antecipada da estação ferroviária. A intenção é instalar no local o museu ferroviário e ponto de cultura e de eventos, além de uma biblioteca.

Posteriormente poderá promover cursos profissionalizantes no local.

“Itaboraí será um dos poucos lugares no estado a contar com um museu ferroviário. Resgatar a memória é preservar a história e a vida do cidadão”, disse o presidente da Fundação Cultural de Itaboraí, Cláudio Rogério Dutra, que solicitou a visita dos técnicos do Iphan.

Morador de Visconde há 47 anos, Evaldo Nunes destaca que o distrito de Visconde surgiu por causa da estação ferroviária.

“O sonho das pessoas que moram aqui é ver este lugar todo revitalizado, com áreas culturais e de lazer para a população”, disse Evaldo.

A visita contou ainda com a presença do secretário municipal de Transportes, Cláudio Ivanof, da museóloga Fátima de Vilapa e o diretor executivo da Fundação Cultural de Itaboraí, José Américo.

Rotary Club de Niterói tem novo presidente



Tomou posse o novo presidente do Rotary Club de Niterói, sede São Francisco.
Jorge Armando de Macedo Pimentel, que atualmente exerce o cargo de Secretário Municipal de Administração na Prefeitura de Itaboraí, comandará os trabalhos durante o ano Rotário 2013/2014 acompanhado de seu Conselho Diretor.

Entre as propostas do novo gestor estão o crescimento do quadro social e a busca de soluções para as comunidades carentes que estão na periferia do Rotary.

“Pretendo conquistar a participação efetiva dos empresários para ajudar a população. Essa interação é muito importante. A união de todos só iria enaltecer o nosso trabalho”, afirma Macedo.

O advogado pós-graduado Jorge Armando de Macedo Pimentel, nasceu no século passado, é natural de Itaboraí, casado, pai de 3 filhos.

Seu histórico de dedicação ao serviço público começou no Exército Brasileiro, no Regimento de Infantaria na Companhia de Canhões Anti-Carros (CCAC), tendo obtido em sua baixa “menção honrosa” pelos serviços prestados.

Na década de 1960, atuou como presidente da Federação dos Estudantes Secundaristas de Itaboraí. Nos anos 70, exerceu cargo de Vereador, numa época em que o mandato não era remunerado. Também foi primeiro suplente de Deputado Federal, em 1974. Conquistou logo depois o cargo de Deputado Estadual (1986-1990), além de assumir a Secretaria Municipal de Governo, Chefia de Gabinete e a Secretaria Municipal de Administração, todos no município de Itaboraí.

Entre 1996-1997 presidiu o Rotary Club de Itaboraí e a Fundação Educacional de Itaboraí (FEITA) por dois biênios (1996/1999). Aposentou-se como gerente operacional da agência Central do Banco do Estado do Rio de Janeiro (BANERJ). Atualmente exerce o cargo de Secretário Municipal de Administração da Prefeitura de Itaboraí.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Itaboraí discute com Estado plano de ação contra a tuberculose


A prevenção da tuberculose em Itaboraí foi tema de reunião entre as secretarias municipal e estadual de Saúde. Durante o encontro, foi discutida a implantação, em conjunto, de um plano de ação de luta contra a doença e também contra a Aids na cidade. Um projeto será elaborado e entregue até o dia 20 de agosto. A partir daí, o Estado repassará recursos no valor de R$ 60 mil para a inserção das novas estratégias.

A coordenadora do programa municipal de Controle da Tuberculose, Maria José Fernandes Pereira, avalia que o planejamento coletivo irá render bons frutos para Itaboraí.
“Nosso objetivo é ampliar o atendimento aos pacientes para melhorar a taxa de cura.Sabemos que, se os pacientes forem tratados no início, o contágio é evitado”, afirmou Maria José, acompanhada da gestora do programa de DST/AIDS e Hepatites Virais, Eledir Terra.

Participaram também da reunião o subsecretário municipal de Atenção Básica, Ronaldo Veiga, e a coordenadora de Programas, Josimar Alves. Do Estado, vieram a coordenadora Programa de Controle da Tuberculose, Ana Alice Bevilaqua, e a representante da Atenção Básica, Lilian Vantine.

Dados
Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil tem elevadas taxas de incidência e de mortalidade por tuberculose e, por esta razão, figura entre os 22 países que respondem por 80% dos casos novos que ocorrem no mundo. Dados do Estado de 2012 mostram que a taxa de cura em bacilíferos foi de 60%, sendo que o esperado pelo Ministério da Saúde é, no mínimo, 85%. Já a de abandono, ficou em 12%. Em Itaboraí, o percentual de cura é de 75% e a de abandono é de 10%.
O Rio de Janeiro tem a maior incidência de casos de tuberculose do país. Cerca de 85% da taxa de mortalidade do estado concentra-se em 14 municípios, entre eles Itaboraí.

Sintomas
A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada pelo bacilo de Kock, que afeta principalmente os pulmões, mas também pode atingir outros órgãos. Os sintomas mais frequentes são tosse persistente (seca no início, mas depois com secreção, pus ou sangue), cansaço excessivo, febre baixa e emagrecimento acentuado. No caso de tosse contínua por mais de três semanas, é aconselhável que o paciente procure a unidade de saúde mais próxima. A tuberculose tem cura e o tratamento é gratuito na rede pública, dura seis meses e não pode ser interrompido.

Itaboraí construirá 11 Postos de Saúde em setembro

A Secretaria Municipal da Saúde começa em setembro a construção de 11 Unidades Básicas de Saúde em Itaboraí. Os novos postos já foram licitados pela Prefeitura, e cada um receberá R$ 400 mil do Ministério da Saúde para realizar as obras. A diferença nos custos de construção, compra de mobiliário e contratação de pessoal correrá por conta do Município.
As unidades serão erguidas em locais que ainda não possuem serviços públicos de saúde ou em substituição aos prédios que, atualmente, são alugados.
Os bairros que ganharão novas sedes do Programa de Saúde da Família são Grande Rio (Itambi), Jardim Fluminense (Apolo II), Sossego, Marambaia, Aldeia da Prata, Morada do Sol, Santo Antônio, Chácaras São Miguel, Gebara, Santo Expedito e Rio Várzea/Outeiro das Pedras.
A previsão é de que as obras durem aproximadamente um ano. Com estes projetos, toda a rede municipal e os programas de saúde serão ampliados.
“Sempre enfatizei que a saúde é uma prioridade do meu mandato. Vamos implantar um novo serviço com alto padrão de atendimento e humanização em nossa cidade”, afirmou o prefeito Helil Cardozo.
Cada equipe de profissionais do PSF em Itaboraí, formada por médico generalista, enfermeiro, auxiliar de enfermagem e agentes comunitário de saúde, além de recepcionista e serviços gerais, tem capacidade para atender até 1.200 famílias. Mais profissionais serão contratados a partir da conclusão dos novos postos. Hoje, a cidade conta com 34 unidades do PSF.
De acordo com o projeto, todas as unidades de saúde serão construídas obedecendo às normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e contarão com recepção, consultório odontológico, salas para clínicos gerais, farmácia, nebulização, imunização, triagem, curativos, recepção, banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais e copa, além de depósitos para material de limpeza e resíduos sólidos.
O secretário municipal de Saúde, Edilson Francisco dos Santos, afirma que a proposta é reforçar a atenção básica, ampliando a cobertura, a prevenção e a promoção em saúde. Para isso, ele garante que será oferecido atendimento médico e de enfermagem de qualidade para toda população.
“O objetivo é reestruturar nossa rede básica de saúde para melhor atender a população e desafogar o atendimento no Hospital Municipal Desembargador Leal Junior”, frisou Edilson Francisco.
Monte Verde e Helianópolis também terão unidades
Já está em fase final de construção, em Itaboraí, a Unidade Básica de Saúde de Monte Verde. O posto vai disponibilizar à população salas para atendimento de ginecologia, clínica geral, enfermagem e odontologia, além de locais para a realização de curativos, vacinação e um espaço multiuso para a realização de palestras e campanhas de conscientização.
A Prefeitura também planeja a instalação de um Posto de Saúde da Família em Helianópolis. A unidade, que vai beneficiar, aproximadamente, 4.500 moradores, terá duas salas para consultórios médicos, farmácia, vacinação, pesagem, curativos, exames laboratoriais e coleta de preventivo.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

JMJ: Itaboraí será ponto de acolhida e cadastramento de veículos rumo à Jornada Mundial da Juventude



A cidade de Itaboraí, na Região Metropolitana, foi escolhida como um dos pontos de acolhida e cadastramento de ônibus que conduzirão milhares de jovens fluminenses e de outros estados que participarão, a partir do dia 23, da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio. A Prefeitura recebeu, esta semana, representantes do Governo do Estado, das polícias Militar e Federal e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para visitar o local onde será montada uma praça de cadastramento de veículos autorizados a transportar os peregrinos até a capital.

O local, cujo terreno abriga uma empresa que comercializa piscinas, fica em Duques, às margens da rodovia BR-101, e foi cedido temporariamente à organização do evento após uma vistoria realizada pelas autoridades estaduais. Pela área, que receberá algumas adaptações, devem passar, a partir do dia 21, cerca de mil ônibus, que virão do Norte Fluminense, do sul da Bahia e também do Espírito Santo.

O grupo de trabalho formado pelas autoridades e por funcionários da empresa CE Produções e Eventos fez um levantamento das intervenções que terão de ser realizadas no local. A Prefeitura dará apoio à operação. O prefeito Helil Cardozo se colocou à disposição, assim como todo o seu secretariado, para cooperar no que for necessário.

“Estamos à disposição e faremos o que for de nossa responsabilidade para apoiar essa operação. Além das pessoas contratadas e de alguns funcionários cedidos, disponibilizaremos também uma ambulância para qualquer eventualidade”, disse Márcio Lisboa, chefe de Gabinete do prefeito, que recepcionou o grupo de trabalho nesta quinta-feira, no Salão Nobre da Prefeitura.

A Secretaria Municipal de Obras de Itaboraí auxiliará nos trabalhos necessárias para adaptar o terreno, realizando o assentamento e a uniformização da área, além da abertura da pista de acesso e desaceleração dos coletivos. Já as secretarias de Trasnportes e Segurança Pública disponibilizarão funcionários para, caso seja necessário, ajudar nos trabalhos operacionais da praça de cadastramento.

A pedido da organização, coube ao município a indicação de 30 pessoas, todas católicas, de diversas paróquias da cidade, que serão contratadas temporariamente pela produção do evento. Elas farão a recepção, o cadastramento e a organização do tráfego na praça.

A JMJ acontece de 23 a 28 de julho no Rio de Janeiro, com a presença do papa Francisco. O evento deve receber milhões de pessoas de todo o mundo. A intenção, segundo os organizadores, é celebrar a fé católica, além de construir pontes de amizades e esperança entre continentes, povos e culturas.

Exposição com relíquias achadas no Comperj bate recorde de visitação


Em menos de três meses, a mostra “Santo Antônio de Sá: a primeira Vila do Recôncavo da Guanabara”, do Museu Nacional, em exposição na Casa Heloísa Alberto Torres, em Itaboraí, já recebeu quase 3 mil visitantes. O evento, realizado em partceria com a Prefeitura, retrata o início da ocupação no estado, com relíquias arqueológicas recém-descobertas na área do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

Para o presidente da Fundação Cultural de Itaboraí, Cláudio Rogério Dutra, o sucesso da exposição se deve, entre vários fatores, à expansão do horário e dias de funcionamento da Casa, e da conscientização da população em relação à importância de se conhecer e preservar a cultura local.

“Estamos conseguindo formar plateia, e temos visto que população está cedendo à cultura. A atual gestão da Prefeitura de Itaboraí está consciente, disposta e atenta à necessidade de dar atenção adequada ao setor e de atender às pessoas”, observa Cláudio Rogério. “Prova disso é que, desde o mês de abril, a Casa trabalha em horários especiais para suprir a necessidade de um público diferenciado. Às sextas-feiras, por exemplo, a Casa abre até às 22:30h, e no sábado, das 19h às 22:30h.

O presidente da Fundação afirma que o público corresponde ao esforço da Prefeitura.
“Aos sábados, por exemplo, o número de visitantes chega a uma média de 100 a 120 pessoas, em apenas três horas e meia de funcionamento. Além disso, ainda contamos com o agendamento prévio, para quantidades maiores de pessoas, incluindo turistas e escolas de outras cidades”, lembra.

Segundo a técnica da Sala de Memória Alexandra Barbosa, os agendados contam com uma visita acompanhada por alguns membros da equipe da Casa Heloísa Alberto Torres.
“Também oferecemos visita orientada aos prédios históricos da cidade, quando fornecemos informações sobre o patrimônio histórico da cidade”, diz Alexandra.

A visitação dura em média 45 minutos, e é agendada para grupos de até 35 pessoas, para “não tumultuar o local, e oferecer uma atenção de qualidade”, afirma a técnica.

Alunos do 3° período da Educação Infantil do Anexo Escola Municipal Therezinha de Jesus Pereira da Silva, no Rio Várzea, foram recepcionados pelo pesquisador Dawson Nascimento da Silva. A visita acompanhada na Casa Heloísa Aberto Torres e no Centro Histórico, teve direito a perguntas, músicas, piquenique e brincadeiras.
“Para cada público trabalhamos de uma forma específica, dentro da linguagem de cada faixa etária. No caso das crianças, aplicamos uma maneira lúdica, contextualizando coisas e objetos do cotidiano delas. Assim, tornamos a experiência a mais interessante possível”, relatou Dawson.

Pela primeira vez na Casa Heloísa Alberto Torres, o pequeno Miguel Rodrigues, 6 anos, mostrou-se entusiasmado com a exposição.

“Nunca tinha vindo aqui e achei muito legal e bonito. O quintal é grande e todo limpinho”, observou o menino.

A exposição “Santo Antônio de Sá: a primeira Vila do Recôncavo da Guanabara” é o resultado de um dos maiores trabalhos de arqueologia já realizada no país, onde foram identificados 49 sítios arqueológicos, e conta com diversos artefatos, alguns datados de aproximadamente 4 mil anos Antes de Cristo. São expostos fragmentos de cerâmicas portuguesas, espanholas e inglesas, cachimbos africanos, objetos pessoais e tembetá, um tipo de jóia usada pelos índios no século XVI, entre outros.

A escavação no sítio arqueológico, localizado no Vale do Macacu, região da antiga Vila de Santo Antônio de Sá e que hoje compõe o município de Itaboraí, foi realizada no período anterior a terraplanagem do Comperj.

Todas as etapas da pesquisa arqueológica ocorreram de forma multidisciplinar, envolvendo profissionais das áreas de Arqueologia, História, Geografia, Geologia, Biologia e outros, por meio, do Programa de Educação Patrimonial e Arqueologia do Vale Macacu, coordenado pela professora e pesquisadora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), MaDu Gaspar. O trabalho de escavações nos mostra dois momentos distintos, o local foi moradia dos Tupis e também recebeu colonizadores europeus, que trouxeram os africanos.

A exposição, com entrada gratuita, esta aberta à visitação  até 17 de setembro, de segunda a sábado.  De segunda a quinta-feira, das 9h às 16:30h, sexta-feira, das 9h às 22:30h e sábado das 19:30h às 22:30h. A Casa Heloísa Alberto Torres, fica na Praça Marechal Floriano Peixoto, 303, Centro de Itaboraí. Mais informações e agendamento pelo telefone: 3639-2022.

Itaboraí: prorrogadas as inscrições para o ProJovem Urbano




O ProJovem Urbano, parceria da Prefeitura de Itaboraí com o Governo Federal, está com inscrições prorrogadas até o dia 5 de agosto. O programa, destinado aos jovens de 18 a 29 anos, permite a conclusão do Ensino Fundamental, além da realização de cursos de qualificação profissional nas áreas de administração e telemática (informática básica).

Com 300 vagas disponíveis, as aulas começam no próprio dia 5 de agosto, com duração de 18 meses.Serão oferecidas as disciplinas de Português, Matemática, Ciências humanas, Ciências Naturais, Inglês e Participação Cidadã.  Ao término, o aluno que tiver no mínimo 75% de frequência e alcançar a média necessária receberá o certificado de conclusão do Ensino Fundamental e dos cursos de qualificação.

Segundo a coordenadora executiva do ProJovem Urbano em Itaboraí, Ana Paula da Silva, a 4ª edição do programa no município contará com algumas novidades.

“Os interessados menores de 18 anos, mas que irão completar a maioridade até 31 de dezembro deste ano, também poderão se inscrever e participar do projeto. E para as jovens mães, que não têm com quem deixar seus filhos para estudar, vamos oferecer a “sala de acolhimento”, destinada a crianças até 9 anos de idade, com um profissional de educação realizando atividades recreativas e didáticas”, completou Ana Paula.

As aulas acontecerão de segunda a sexta-feira, das 18:30h às 21:30h, nas escolas municipais onde são realizadas as inscrições. Os estudantes receberão uma bolsa auxílio no valor de R$100,00, Rio Card Escolar, alimentação, uniforme e material didático. Já aos professores, todos com ensino superior e experiência em Educação de Jovens e Adultos (EJA), será oferecido semanalmente uma formação continuada, contribuindo para melhorar o ambiente escolar.

Para se inscrever é necessário ser alfabetizado e morador de Itaboraí ou região adjacente. No ato da inscrição é preciso apresentar original e cópia do RG, CPF, comprovante de residência e histórico escolar, além de telefone para contato e uma foto 3x4. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações pelo telefone: (21) 3639-1356.



Locais de inscrição:

Anexo da Secretaria Municipal de Educação

Endereço: Travessa Espírito Santo, n° 431, Centro, próximo à Igreja Matriz São João Batista




E.  Municipal Antônio Joaquim da Silva

Endereço: Rua Alfredo Salles, Lote 18, Quadra 2, Jardim Floresta – Manilha




E.  Municipal Onze de Junho

Endereço: Rodovia Amaral Peixoto, Km 34, Venda das Pedras, próximo ao Hospital Estadual Colônia Tavares de Macedo




E.  Municipal Izaura Zainotti Peccini

Endereço: Rua 42, Lotes 17,18 e 19, Quadra 82, Cidade Grande Rio, Itambi



E.  Municipal Genésio da Costa Cotrim

Endereço: Rua Theopista do Nascimento Galdino, Quadra 10, s/n°, Parque Industrial – Reta Nova

Católicos peregrinos da JMJ visitam a Prefeitura de Itaboraí



O prefeito de Itaboraí, Helil Cardozo, recebeu, na tarde desta terça-feira (16/07), a visita de jovens estrangeiros que estão hospedados nas casas de fiéis da Paróquia São Francisco de Assis, do bairro Apollo II. Os dez argentinos e quatro venezuelanos se somam aos cerca de 20 romenos que estiveram um dia antes no Salão Nobre da Prefeitura. Ao todo, 328 católicos passam a Semana Missionária em Itaboraí. Nesta quarta-feira, uma grande atividade está prevista para a Praça Marechal Floriano Peixoto, onde todos os participantes farão um dia de orações com a celebração de missa e outras atividades religiosas. Também está prevista a apresentação de artistas locais. O início ocorre às 8 horas.

“É um privilégio receber vocês aqui em nosso município”, disse Helil Cardozo aos jovens que visitaram a Prefeitura. “Estamos de braços abertos para acolhê-los da melhor forma possível. Enquanto estiverem em Itaboraí, vocês fazem parte do nosso povo, e espero que gostem da nossa cidade. Estamos à disposição para atendê-los no que precisarem”.

A Semana Missionária é um momento de preparação para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontece no Rio de Janeiro a partir da próxima terça-feira (23/08). Até lá, os estrangeiros são acolhidos nas paróquias, proporcionando o primeiro contato com as famílias brasileiras, exercendo atividades religiosas no entorno e conhecendo a cultura local.

“Fomos surpreendidos com tanta alegria e carinho do povo de Itaboraí. Estamos sendo mais do que bem tratados aqui. Já viemos muito felizes devido ao papa Francisco ser nosso compatriota, e estamos ainda mais contentes pela recepção da população”, disse o padre Esteban Alfaro, da igreja San Jerónimo, da cidade argentina Coronda, que entregou um mate típico do seu país ao prefeito.

“Estamos todos muito emocionados por podermos conhecer pessoas e culturas diferentes, mas o nosso propósito principal é renovar a fé em Deus, celebrando o nosso amor a Jesus Cristo e fortalecendo nossa consciência social”, disse Joselyn Valderrama, estudante de 16 anos, moradora do município venezuelano El Callao.

O Vicariato Rural, que engloba nove paróquias dos municípios Itaboraí, Tanguá, Rio Bonito e Silva Jardim, decidiu unir os jovens estrangeiros e brasileiros hospedados nessas cidades em uma só durante algumas datas da Semana Missionária. A celebração desta quarta-feira (17/07), em Itaboraí, terá como tema a cultura. Em seguida, na quinta-feira (18/07), o destino será Tanguá, para festejarem a espiritualidade. Já na sexta-feira (19/07), Rio Bonito será a sede da solidariedade. No próximo domingo (21/07), outro evento ocorre em Itaboraí, no Santuário Jesus Crucificado, em Porto das Caixas.

“As pessoas daqui são muito legais, e a estadia é melhor do que eu esperava. Já fui na edição 2005 da JMJ em Colônia, na Alemanha, com o papa Bento XVI, e este ano de 2013 também será muito especial, principalmente pela alegria dos brasileiros, que demonstram ter muita fé”, disse Katarina Flora, de 30 anos, moradora da cidade romena Iaşi, que deu um chapéu para o prefeito Helil Cardozo na última segunda-feira (16/05).

Estudantes de Itaboraí dizem não às drogas



Mais de 900 alunos entre 9 e 13 anos do 5º ano do Esnino Fundamental de 14 escolas de Itaboraí receberam, neste sábado, o certificado de conclusão do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). Ao longo do 1º semestre deste ano, 937 estudantes participaram do curso, cujo objetivo é o de orientar os jovens sobre a realidade das drogas e violências a serem enfrentadas ao longo de suas vidas. Em parceria entre a Polícia Militar e a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, as aulas foram ministradas por PMs capacitados especialmente para lidar com o tema.

Em clima de descontração, a cerimônia de formatura, numa casa de shows em Itaboraí, contou com a presença do prefeito Helil Cardozo, de seu vice e secretário de Desenvolvimento Social, Audir Santana; do secretário de Serviços Públicos, Marcos Le Gentil, e da secretária de Educação e Cultura, Susilaine Duarte, além da vereadora Rosana Rosa (PCdoB) e dos policiais militares responsáveis pelo programa. O mascote do Proerd, Leo, também marcou presença. A solenidade foi aberta pela Banda da Guarda Municipal.

“Este programa estadual é importantíssimo, porque promove a cultura da paz para fortalecer as comunidades, garantindo segurança e um futuro para as crianças do nosso município”, disse Helil Cardozo.

O prefeito lembrou ainda que, em 2014, Itaboraí ganhará a Escola da Guarda Mirim. com aulas e atividades em tempo integral para as crianças do município.

O vice-prefeito e secretário Audir Santana enalteceu o Proerd e o empenho da PM em Itaboraí.

“Por meio de um método pedagógico, as crianças são estimuladas a pensar nas consequências das escolhas que fazem e a lidar com as pressões de grupos, optando por uma vida saudável, sem usar drogas. Estamos muito satisfeitos com a formação desses mais de 900 jovens”, afirmou Audir.

Diante do mascote Leo, os estudantes fizeram um juramento de que ficarão sempre longe das drogas. Tiago Martins, da Escola Municipal Adhemário Rodrigues da Costa, ganhou um troféu e uma bicicleta como autor de uma das melhores redações sobre o tema. Num trecho de seu texto, o menino diz: “As aulas do Proerd ajudam a não se envolver com as drogas. As pessoas viciadas envelhecem rapidamente e causam problemas aos seus familiares. Eu vou ficar longe das drogas”.

Além de esclarecer sobre os perigos das drogas, o Proerd tem como obietivo estimular a autoestima, a força e a coragem dos jovens, e prepará-los para dizer não aos entorpecentes, como lembrou o sargento PM Ubaldo, um dos coordenadores do programa. Desde sua criação no Estado do Rio, o Proerd já orientou cerca de 300 mil estudantes nos 92 municípios fluminenses. O curso é realizado com material didático próprio e atividades didáticas interativas. No encerramento, além de receberem o certificado, os alunos assumem o compromisso pessoal de resistir às drogas.


O Proerd é uma versão brasileira do bem-sucedido programa norte-americano Dare (Drug Abuse Resistence Education), surgindo em 1983. No Brasil, foi implantado de forma pioneira e visionária em1992 pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

terça-feira, 16 de julho de 2013

Itaboraí terá comitê para erradicação do sub-registro


A Secretaria de Educação de Itaboraí realiza, desde junho, reuniões visando a formação do Comitê Gestor Municipal de Políticas de Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento e Acesso à Documentação Básica. Incentivado pela Secretaria de Estado de Diretos Humanos, o município vai sediar a primeira edição de um encontro regional sobre o tema, em 13 de agosto, que reunirá mais 15 municípios.

Seguindo orientação do Governo Federal, o comitê tem com objetivo planejar, implementar e monitorar ações para a erradicação do sub-registro civil de nascimento (quando o documento de registro geral está com o nome apenas do pai ou da mãe) e ampliação do acesso à documentação básica, por meio de metas anuais, recuperando o processo de registro tardio de nascimento em prazo reduzido.

Um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Educação de Itaboraí (Semec) detectou oito alunos sem certidão de nascimento e 745 em situação de sub-registro em toda a rede de ensino do município.

“Ficamos assustados com os números. Queremos garantir a cidadania para toda a população e completar esse registro. Isso dará a essas crianças diretos que hoje elas não têm”, afirmou a assistente social da Semec Janaína Espíndola.

Para um melhor desenvolvimento dos trabalhos, o comitê será composto por um representante das secretarias municipais de Desenvolvimento Social, Educação, Saúde, Integração Governamental e Trabalho e Renda. Entre as instituições que também integrarão o comitê estão o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Vara de Família, a Defensoria Pública, a Promotoria de Família e o Conselho Tutelar.

Segundo o artigo 2º da Lei 8.560/1992, a criança tem o direito de ter uma certidão de nascimento completa, com nome do pai e da mãe . Quando isso não é possível, pode ser requererida judicialmente uma ação de investigação de paternidade.

A próxima reunião será realizada no dia 23 de julho. Nesse encontro, será feita a convocação da sociedade civil para o I Encontro Regional, e as secretarias também poderão anunciar os nomes de seus representantes que atuarão no Comitê Gestor.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Itaboraí oferece apoio a instituições que tratam de dependentes químicos


Município criará mecanismos para firmar convênios com os governos estadual e federal

A Prefeitura de Itaboraí vai criar um conselho municipal para tratar da questão dos dependentes quiímicos na cidade, além de elaborar um selo de qualificação para instituições que tratam da recuperação de pessoas envolvidas com o consumo de drogas. O anúncio foi feito pelo vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Social, Audir Santana, que se reuniu, no início desta semana, com cerca de 20 representantes de instituições que tratam da recuperação de dependentes químicos.

O objetivo do encontro foi traçar metas de trabalho para que os resultados desses órgãos sejam mais positivos, com o apoio do poder público. O selo e o conselho municipal fazem parte de uma série de mecanismos que otimizarão os resultados do trabalho feito pelas instituições. Os representantes saíram do encontro otimistas, lembrando que, pela primeira vez, a Prefeitura buscou uma aproximação formal para otimizar ações visando auxiliar na redução do número de dependentes químicos no município, em parceria com as isntituições privadas..

“Essas reuniões serão frequentes. Temos que falar a mesma língua e nos manter focados em buscar o melhor caminho para recuperar o maior número de pessoas que, infelizmente, caíram neste mundo cão, que é a dependência de drogas”, disse Audir Santana. “A Prefeitura dará total apoio às instituições que estiverem legalizadas, e que podem, desde já, se cadastrar na Secretaria”.

Ainda segundo Audir, que também é médico, com a criação do Selo de Qualidade e do Conselho Municipal dedicado à recuperação dos dependentes químicos, a Prefeitura terá mecanismos para firmar convênios com órgãos públicos estaduais e federais, reforçando ainda mais os trabalhos desenvolvidos pelas instituições.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Pacientes ostomizados de Itaboraí recebem cuidados especiais e assistem a palestra


Cerca de 150 pessoas participaram de uma palestra sobre prevenção de doenças e autocuidado aos portadores de ostomia em Itaboraí. O evento aconteceu no Pólo de Atenção às Pessoas Ostomizadas em funcionamento na Policlínica de Manilha.

O prefeito Helil Cardozo abriu o encontro, defendendo o trabalho realizado pelos profissionais de saúde no município, afirmando, ainda, que está mobilizado para investir e ampliar o programa.

“Nossa população está crescendo e precisando de profissionais que queiram trabalhar pelo nosso povo, se dedicar à nossa cidade”, disse Helil. “Parabenizo a coordenação pela atenção aos pacientes e coloco-me à disposição para ajudá-los no que for preciso para que vocês possam exercer sua cidadania e melhor qualidade de vida”.

Itaboraí foi a primeira cidade do Estado do Rio a implantar o serviço de acordo com as diretrizes do Ministério e da Secretaria Estadual de Saúde. Além do município, a unidade também presta serviços aos pacientes de Maricá, Tanguá, Rio Bonito e Silva Jardim. Todos são atendidos por uma equipe composta por médico, enfermeiro, assistente social e técnico de enfermagem.

A coordenadora do Polo, Cláudia Alonso, ressaltou a determinação e a satisfação dos pacientes ostomizados atendidos em Itaboraí.

“Vocês são um exemplo de vontade de viver. É importante presenciar este momento, para saber que o nosso trabalho está sendo bem feito“, afirmou.

Atualmente, 132 pacientes estão cadastrados em Itaboraí, e recebem, mensalmente, um kit contendo 15 bolsas coletoras de colostomia ou urostomia e material como gazes, luvas, álcool, soro fisiológico, entre outros itens, dependendo da avaliação médica. O Polo também dispõe de serviço social para apoiar os familiares, e dinâmicas de grupo para trocas de experiências entre os pacientes que se encontram nessa situação.

O mais novo paciente cadastrado na unidade tem apenas dois anos de vida. Miguel Cosme Peixoto nasceu com problema nos rins e no intestino grosso, e usa duas bolsas coletoras desde seu primeiro dia vida. De acordo com mãe do bebê, a dona de casa Flávia Cosme da Silva Peixoto, 34 anos, no começo foi difícil superar a dificuldade, e toda família teve que se acostumar.

“Foi uma surpresa pra gente quando ele nasceu. Hoje fazemos um acompanhamento do seu desenvolvimento e recebemos toda assistência do polo de ostomizados de Itaboraí, que tem nos orientado também na área psicológica”, afirma a mãe.

Para se cadastrar no programa, o portador de ostomia deve levar carteira de identidade, CPF, comprovante de residência, laudo médico e cartão do SUS até a Policlínica de Especialidades Médicas José de Oliveira Filoco, que fica na Rodovia Manilha-Magé (BR 493), km 0, Trevo de Manilha, Itaboraí (ao lado da UPA 24 horas). Telefones: 2635-9577 ou 2635-9296. O funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.

Benefícios

Os ostomizados são classificados como deficientes físicos. Desta forma, ganham o amparo de um significativo conjunto de leis, que regulamentam os direitos dos deficientes no Brasil, nas esferas Federal, Estadual e Municipal. Além disso, um expressivo número de ostomizados convive com a condição de pacientes com câncer, que é considerada uma moléstia grave. Portanto, seus portadores também são contemplados com outros benefícios sociais.

Dentre os benefícios estão: aposentadoria por invalidez, auxílio-doença, isenção de imposto de renda na aposentadoria, isenção de ICMS, IPI e IPVA para veículos adaptados, quitação do financiamento da casa própria, saque do FGTS e do PIS e passe livre. A lista completa pode ser acessada através do link http://www.inca.gov.br/publicacoes/DireitosPacientesCancer.pdf.

O que é ostomia

Ostomia é uma intervenção cirúrgica que permite criar uma comunicação entre o órgão interno e o exterior, com finalidade de eliminar os dejetos do organismo. A nova abertura que se cria com o exterior chama-se estoma. A razão para se criar uma estoma ocorre por motivo de perfurações acidentais no abdome, câncer no reto, no intestino grosso ou na bexiga. Pacientes portadores de traqueostomia e os que usam cateteres ou sondas também são considerados ostomizados.

Prefeitura de Itaboraí convoca 110 aprovados na área da saúde


A partir da segunda quinzena de julho, a Prefeitura de Itaboraí inicia a convocação dos aprovados no último concurso público para Secretaria Municipal de Saúde referente aos Editais 004 e 009/2011.

Serão chamados 110 concursados (incluindo os portadores de necessidades especiais) para os cargos de assistente social (10); enfermeiro (10); fisioterapeuta (1); fonoaudiólogo (1); psicólogo (4); técnico de enfermagem (15); biólogo (1); farmacêutico (4); fisioterapeuta pneumofuncional (1); odontólogo (1); terapeuta ocupacional (1); técnico de hemotransfusão (1); técnico de laboratório (2); técnico de órtese e prótese (2); agentes de endemias (30); e agente comunitário de saúde (26).

A convocação será realizada pelos correios, por meio de telegrama. Também será publicado no Diário Oficial do município e no site da Prefeitura de Itaboraí.

Após receber a comunicação, os candidatos devem se apresentar na Secretaria Municipal de Administração (Rua Fidélis Alves 47, no Centro de Itaboraí) das 9h às 16h, portando original e cópia do documento de identidade, CPF, PIS/PASEP, título de eleitor, carteira de trabalho, certificado de reservista, diploma de conclusão de curso, histórico escolar, duas fotos 3x4 recentes e comprovante de residência.

Cumprida esta etapa, os habilitados serão encaminhados à junta médica do município a fim de realizar exames pré-admissionais e demais requisitos de investidura no cargo.

“Vamos chamar todos os aprovados que passaram dentro do número de vagas oferecido pelo concurso público. Se alguém for desclassificado ou desistir em um prazo de 30 dias, será realizada uma nova convocação a ser preenchida pelo candidato subsequente classificado”, afirmou o secretário municipal de Administração, Jorge Armando Pimentel.

No concurso, organizado pela Fundação Dom Cintra, foram oferecidas 391 vagas para 73 cargos abertos pela Prefeitura de Itaboraí. O certame tem validade até 2014, podendo ser prorrogado por mais dois anos.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Itaprevi comemora 23 anos com seminário e show do 'The Fevers'




Cerca de 2 mil pessoas participaram, na quinta-feira (27/06), do 1° Seminário da Melhor Idade de Itaboraí, no Ita Show, realizado pelo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Itaboraí (Itaprevi), em parceira com o projeto Vida em Movimento. O evento, gratuito, marcou os 23 anos do Itaprevi, foi patrocinado pela Caixa Econômica Federal e destinado aos aposentados e pensionistas do Instituto e aos integrantes do Vida em Movimento, que proporciona atividades a pessoas a partir dos 50 anos. No fim do evento, a banda 'The Fevers' fez uma participação especial, com um show para os convidados.
Presente ao evento, o prefeito Helil Cardozo saudou o presidente do Itaprevi, Geraldo Saraiva, e a primeira-dama e professora do município, Ana Cardozo, que comanda o Vida em Movimento. Helil aproveitou a ocasião para anunciar uma série de realizações da Prefeitura previstas já para este segundo semestre.
“Estamos iniciando uma nova administração na cidade, e já no próximo mês vamos começar a construção de nove postos de saúde, reformas em outros 10 postos, 80 km de asfalto e a construção de duas creches, sendo uma em Marambaia e a outra em Itambi”, disse o prefeito, ressaltando a importância da parceria com o vice-prefeito e secretário municipal de Desenvolvimento Social, Audir Santana, dos vereadores e de toda população.
O presidente do Itaprevi, Geraldo Saraiva, agradeceu a todos os envolvidos no evento, principalmente à agência da Caixa Econômica Federal em Itaboraí, representada no seminário pelo gerente, Romualdo Costa.
“Este evento é uma forma de privilegiar quem tanto contribuiu para o crescimento da cidade, como os aposentados e pensionistas, e também os idosos do Vida em Movimento, que levantam cedo, investindo na saúde”, enfatizou Saraiva.
O seminário abordou temas como Direitos e Benefícios da Melhor Idade, e teve como objetivo promover a maior integração entre os participantes, bem como estimular o processo de gestão participativa, por meio da apresentação das atividades desenvolvidas e dos novos projetos para os próximos anos.
“Boa tarde aos meus meninos e meninas. Quero agradecer ao Geraldo Saraiva pelo convite de participar deste evento tão especial e a todas as secretarias municipais que nos apoiam. Além do prefeito, que tem tanto carinho e amor pelo Vida em Movimento, fazendo de tudo para que o projeto cresça não só em quantidade, mas também em qualidade”, disse Ana Maria Cardozo.
A primeira-dama lembrou que, na próxima semana, serão inaugurados mais dois polos de atividades no município, em Bela Vista e na Rua 100.
Ana Maria Cardozo, ainda homenageou os integrantes de mais idade de cada um dos 22 polos de atividades do projeto Vida em Movimento. Os homenageados receberam coroa, faixa, buquê de flores e brindes. Para a participante do polo de Venda das Pedras, Janira Melo, de 86 anos, o evento “não poderia ter sido melhor”. Integrante ativa do projeto, a aposentada diz não perder uma atividade sequer, e se diz feliz em conhecer tantas pessoas e fazer amigos.
“A escolha da banda The Fevers foi perfeita, pois me faz relembrar os tempos que eu frequentava o antigo Clube Recreativo, em Venda das Pedras com o meu falecido esposo”.
O presidente do Itaprevi, Geraldo Saraiva, homenageou algumas pessoas importantes para o Instituto, como o prefeito Helil Cardozo, a primeira-dama, Ana Maria Cardozo, e a funcionária mais antiga do Itaprevi, Elezir Chavão, dentre outras, que receberam placas comemorativas. Houve, ainda, a coroação da Musa e Príncipe do Instituto, os funcionários Erika Belmont e Júlio César.
Já para a aposentada pelo Itaprevi, Alcilete da Silva Coutinho, 72 anos, o evento tem o intuito de estimular as pessoas, de mostrar que não há idade para curtir a vida.
“Fui inspetora de alunos por 29 anos e me aposentei há dois. Esta comemoração está maravilhosa, e tenho certeza que, com Geraldo Saraiva na presidência do Itaprevi, vai melhorar muito para nós, os beneficiários. Eu o conheço há muitos anos e sei da sua serenidade e competência”, comentou a moradora de Jardim Imperial.
Fechando o evento, a banda The Fevers subiu ao palco para cantar grandes sucessos dos seus 48 anos de carreira, como “Agora eu sei”, “Mar de Rosas”, “Vem me Ajudar”, “Eu Te Darei o Céu” e “Whisky A Go-go”. Finalizando, o vocalista Luiz Cláudio puxou o tradicional “Parabéns pra você”, em comemoração aos 23 anos do Itaprevi. “Quero agradecer de estarmos participando deste evento lindo, que também comemora os 23 anos do Itaprevi. Obrigado pelo entusiasmo e participação de todos vocês. Até a próxima”.
Estiveram presentes ao seminário, o vice-prefeito e secretário municipal, Audir Santana, os secretários municipais de Transportes, Cláudio Ivanof, o de Segurança e Defesa Civil, Ricardo Sales e os vereadores Bil (PDT) e Rosana Rosa (PC do B).

Reunião Ordinária Agenda 21 Local de Itaboraí

CONVITE PARA REUNIÃO ORDINÁRIA DA AGENDA 21 ITABORAÍ


Prezados,

É com muita satisfação que convidamos para a reunião ordinária do Fórum da Agenda 21 de Itaboraí.


Pauta:
1)    Informes Gerais
2)    Apresentação dos resultados do GT Elaboração de Projetos e encaminhamentos.
3)    Resultados GT Renovação do Fórum.


Data: 11/07/2013
Local: Faculdade Cenecista - Rua Presidente Costa e Silva, 212 - Centro, Itaboraí
Horário: 16h às 18h

Atenciosamente,


09 de julho 2013


Arthur Crispino

________________________________________

Coordenação do Fórum da Agenda 21 de Itaboraí

Prefeitura de Itaboraí cobra melhorias nos ônibus


O secretário municipal de Transportes de Itaboraí, Cláudio Ivanof, reuniu-se na quinta-feira (27/06) com representantes da Maravilha Auto Ônibus, concessionária do transporte público do município, para cobrar esclarecimentos a respeito de pontos do contrato de concessão que não estariam sendo cumpridos pela empresa. Dentre os tópicos citados estavam o não cumprimento dos itinerários, desrespeito aos horários e o mau atendimento aos idosos e estudantes. Muitas das queixas foram resultado de denúncias feitas pela própria população à Ouvidoria do Município.

"Sabemos que o transporte é responsabilidade dos órgãos públicos, e um direto da população. Por isso, temos de fazer com que esse serviço seja o melhor possível. Essa conversa é para tentar resolver esse assunto de forma tranqüila", disse Ivanof.

Segundo a Ouvidoria, a Secretaria Municipal de Transportes recebeu, desde janeiro, cerca de 80 reclamações em relação ao serviço prestado pela Maravilha. Além dos assuntos principais, a limpeza, a imprudência e a atitude de alguns motoristas também foram abordados no encontro. Segundo Ivanof, os fiscais de trânsito já aplicaram diversas multas à Maravilha por avanço de sinais e desrespeito a idosos e estudantes, não parando nos pontos.

Na reunião, a empresa, representada pelo advogado Edson Araujo, se comprometeu a realizar um treinamento para os motoristas.

"Vamos fazer uma reciclagem dos nossos funcionários e verificar os problemas abordados. Estamos nos comprometendo a melhorar o serviço", disse Araujo, afirmando que a empresa sofre com a escassez de mão-de-obra devido à atuação de empresas de fretamento na cidade, que servem, principalmente, às demandas das obras de construção do Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj).

"Sempre que houver alguma reclamação, por favor, entre em contato conosco, não só vocês, da Prefeitura, como os usuários também", disse o advogado.

GPS

O Prefeito Helil Cardozo assina um decreto obrigando os modais que circulam na cidade e usarem o serviço de GPS (Global Positioning System), dando início à implementação do projeto de monitoramento eletrônico no município. O objetivo é de fiscalizar os coletivos é proporcionar aos seus usuários mais segurança e eficiência do trabalho. O Centro de Controle Operacional (CCO) para o acompanhamento desses modais será montado na sede da Secretaria de Transportes.

Nova reunião

Uma outra reunião entre a Prefeitura e a Maravilha foi agendada, quando serão discutidos, linha por linha, as cláusulas do contrato com a empresa. Ivanof alerta que, se a empresa não se ajustar às solicitações, estará sujeita a sofrer punições, que, em último caso, podem chegar à cassação da concessão.

 Além do telefone da Ouvidoria do Município - (0800) 2821-019 - a Secretaria Municipal de Transportes também recebe reclamações dos usuários por meio do telefone 3639-1420. Já para reclamações diretamente com a Maravilha, o telefone é (0800) 886-1000.

Sobre a possibilidade de ser multada pela retirada de ônibus de circulação durante manifestações ocorridas na sexta-feira (21/06), a empresa alegou que o contrato de concessão, assinado junto à administração anterior da Prefeitura, prevê a retirada de veículos das ruas em caso de ameaça à segurança. Na quarta-feira (26/06), o prefeito Helil Cardozo havia determinado ao secretário que examinasse a possibilidade de multar a Maravilha pela retirada dos veículos.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Itaboraí recadastra alunos do transporte universitário gratuito


Os estudantes de Itaboraí que utilizaram o ônibus universitário no último semestre precisam renovar seus pedidos. Dos dias 15 (segunda-feira) a 18 (quinta-feira) deste mês, a Prefeitura, por meio do Espaço Universitário, realiza o recadastramento dos usuários do transporte gratuito até para o segundo semestre do ano letivo de 2013. O estudante que não comparecer poderá perder a vaga.

O recadastramento acontecerá na Casa Heloísa Alberto Torres, das 10h às 17h, localizada na Praça Marechal Floriano Peixoto, n° 303, Centro. É imprescindível levar um documento original com foto e a cópia do comprovante de matrícula na instituição de ensino. Em caso de mudança de endereço, são necessários original e cópia do comprovante de residência.

Segundo o coordenador do Espaço Universitário, Thiago Thitow, a novidade deste recadastramento é a realização de um questionário, no qual serão abordados itens como fiscalização do ônibus, desempenho dos motoristas, atendimento na sede do Espaço Universitário, comunicação junto aos usuários, horários, sugestões e críticas, entre outras avaliações.

“Nossa ideia é realizar um levantamento com este questionário, verificar o que não está agradando e tentar melhorar cada vez mais nosso serviço. Estamos fechando o semestre com uma equipe reformulada e uma nova proposta. O mais importante é termos os universitários conosco, trabalhando de forma dinâmica e contribuindo para o futuro dessas pessoas”, salientou Thitow.

Ainda segundo o coordenador, os alunos da Universidade Federal Fluminense (UFF) terão um prazo prolongado de entrega do comprovante de matrícula, por conta da greve ocorrida no ano passado, que modificou o calendário da Instituição.

“Assim como a UFF, algumas universidades apresentam problemas com a renovação de matrícula. Esses estudantes vão poder se recadastrat normalmente, e deverão entregar a documentação posteriormente, na sede do Espaço Universitário”, afirmou Thitow.

Atualmente, o transporte universitário de Itaboraí atende a 1.046 mil estudantes no município, nos trajetos: Itaboraí x Niterói, nos horários, manhã e noite; e Itaboraí x São Gonçalo, no turno da noite. O Espaço Universitário fica na Rua Fidélis Alves, n° 47, Centro, 2° andar, sala 7. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Mais informações, pelo telefone 3639-1989.

Prefeitura de Itaboraí e Sebrae selam parceria e oferecem cursos para microempreendedores


A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Integração com o Comperj de Itaboraí formalizou, nesta semana, uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RJ), dando início a uma série ações para a capacitação de empresários locais. O Sebrae ocupará um espaço na sede da Secretaria, e abre seus trabalhos com um círculo de palestras, talk-shows e oficinas gratuitas para Microempreendedores Individuais (MEI) no dia 6 de agosto.

“Hoje, temos cerca de 300 de microempreendedores individuais cadastrados, que terão a oportunidade de aprender mais sobre como aproveitar as potencialidades de seus empreendimentos e melhorar aspectos de administração do negócio”, afirmou Luiz Fernando Guimarães, secretário de Desenvolvimento Econômico Integração com o Comperj. “Há muitas pessoas na cidade que perdem dinheiro por falta de instrução adequada”.

A principal meta do Sebrae é apresentar um programa de soluções para que o empreendedor possa planejar o seu negócio e desenvolver suas características. Dividido em três módulos, a programação visa a ensinar como controlar o dinheiro, realizar compras e vender o produto final.

”De início, vamos realizar a adequação dos empreendedores por meio de cursos. Assim, poderá se estabelecer um estado de concorrência leal entre os comerciantes aqui na cidade”, disse a representante do Sebrae-RJ Marinez de Souza, ressaltando que essa é apenas a primeira ação da instituição na cidade. “O objetivo aqui em Itaboraí é muito maior”, garantiu Marinez.

Para participar do evento em 6 de agosto, no Clube Comercial, é preciso que o Microempreendedor Individual esteja devidamente cadastrado na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Integração com o Comperj. 

Quem ainda não se cadastrou pode procurar o Centro de Atendimento ao Microempreendedor, na Rua Fidelis Alves, 47, 2º andar, Centro. Mais informações pelo telefone: 3639-2069,  ramal 323. O cadastro garante também aos empresários vantagens como incentivos fiscais, inscrição no CNPJ e emissão de alvarás.

Num segundo momento, a parceria entre a Prefeitura e o Sebrae também vai oferecer cursos de capacitação para pequenos e médios empresários de Itaboraí.

Postagens populares