segunda-feira, 28 de abril de 2014

Tomógrafo móvel atenderá em Itaboraí a partir de terça-feira (29)


 Serviço também está disponível para moradores de São Gonçalo, Silva
Jardim, Rio Bonito, Tanguá, Maricá e Niterói

Tomógrafo Móvel da Secretaria de Estado de Saúde (SES) ficará em
Itaboraí, município polo, até o dia 10 de maio para realizar exames em
moradores da cidade e também de São Gonçalo, Silva Jardim, Rio Bonito,
Tanguá, Maricá e Niterói. Os procedimentos serão realizados na Praça
Marechal Floriano Peixoto (em frente à Igreja Matriz São João Batista)
de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h30, e aos sábados e feriados,
das 8h às 15h.

Para a utilização do serviço, o paciente deve fazer, previamente, o
agendamento do exame pelo setor de Regulação de Exames da Secretaria
de Saúde a qual pertence o paciente. Estes são informados sobre o dia,
horário, local e a preparação necessária para a realização do
procedimento. Não serão realizados exames sob anestesia e em pacientes
graves.

O tomógrafo móvel tem capacidade para realizar 70 exames por dia. Após
a realização do procedimento, o resultado será enviado a Secretaria de
Saúde de origem do paciente no prazo de dez a 15 dias úteis.

Esta é a segunda vez que o equipamento da Secretaria Estadual de Saúde
visita o município. A primeira foi em maio de 2012. Vale ressaltar que
o Hospital Municipal Desembargador Leal Junior já oferece o mesmo
serviço aos pacientes há mais de um ano, contabilizando mais de cinco
mil tomografias desde implantação do equipamento pela atual gestão
municipal. O serviço funciona 24 horas, de domingo a domingo, com a
possibilidade de realizar 17 exames diferentes, do crânio ao
tornozelo.

Serviço:

Tomógrafo móvel

Local: Praça Marechal Floriano Peixoto (em frente à Igreja Matriz São
João Batista)

Data: 29 de abril a 10 de maio

Horário: Segunda a sexta-feira - 8h às 18h30

Sábados e feriados - 8h às 15h

Transportes escolares são vistoriados e legalizados em Itaboraí


A Secretaria de Transportes de Itaboraí realizou a vistoria de transportes escolares da
cidade. Passaram pelo procedimento 10 dos 40 veículos esperados. Foram
verificados a parte elétrica, equipamentos obrigatórios e itens de
segurança. Após a inspeção, os carros receberam um selo que legaliza o
veículo e o libera para fazer esse tipo de condução.

Quem não compareceu a vistoria estão sujeitos a punições da
fiscalização. E para regularizar a situação, os interessados devem
comparecer a sede da Secretaria Municipal de Transporte a partir da
quinta-feira (24), após o feriado da Semana Santa. Caso o motorista
autorizatário insista em rodar com o veículo irregular será multado ou
terá o carro apreendido, dependendo do tipo de infração. Vale
ressaltar que a fiscalização fará rondas na porta das escolas para
verificar os veículos.

O secretário da pasta, Cláudio Ivanof, ressaltou a importância dessa
vistoria para a segurança das crianças.

"Essa vistoria vai garantir a segurança dos alunos de Itaboraí. A
nossa secretaria tem promovido a regulamentação do tráfego. Com isso,
iremos organizar também o trânsito da cidade. A organização vai trazer
mais segurança em todos os sentidos", disse.

A Secretaria de Transportes fica na Avenida 22 de Maio, 7071, Venda
das Pedras. Mais informações no telefone 3639-1420

domingo, 27 de abril de 2014

Itaboraí sedia etapa final do Circuito Estadual de Basquete 3x3


                A quadra da Praça Marechal Floriano Peixoto, no Centro de Itaboraí, receberá, neste domingo (27/04), uma arena coberta onde será realizada a etapa final do Circuito Estadual de Basquete 3x3, com quatro categorias: masculino e feminino, sub-18 e pós 18. A realização é da Prefeitura de Itaboraí, com apoio da Confederação Brasileira de Basketball (CBB). A entrada é gratuita.

                 "A ideia é dinamizar a prática de mais modalidades, diversificando o esporte a fim de estimular os praticantes e encontrar novos adeptos. Vejo Itaboraí com muito potencial para o desenvolvimento do basquete", disse Alexandre Arêas, que  responde interinamente pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.

                A tabela dos jogos será definida durante um congresso técnico a ocorrer já na arena. As competições se iniciam a partir das 9h45min, com as partidas das equipes sub-18, de ambos os sexos. Na sequência, um novo arbitral sorteará os jogos do pós-18, que terá bola rolando a partir das 11 horas.

                Cada categoria contará com seis equipes divididas em dois grupos de três, onde se enfrentarão em sistema de turno único, passando à próxima fase as vencedoras de cada chave, disputando a decisão entre si.
                A etapa final ocorre após uma seletiva realizada nas cidades de Queimados e Volta Redonda. Em Itaboraí, as equipes se enfrentarão a fim de obter pontos no ranking brasileiro, classificatório para o Mundial.

                Durante as competições, o público poderá interagir através de várias atividades oferecidas pela CBB e demais parceiros, como oficinas esportivas, onde professores ministrarão pequenas aulas para as crianças presentes, que ganharão brindes. Haverá, anda, mini-competições e atividades de  esportes urbanos, como slack line e parkour. Um DJ animará os participantes.

Basquete 3x3

                Com mais de 250 milhões de jogadores por todo o mundo, estando entre os desportos recreativos mais jogados, o basquete 3x3 tornou-se um motor essencial do desenvolvimento do basquetebol. O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, inclusive, colocou a modalidade como uma das que terão a possibilidade de serem incluídas já para as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

Confira abaixo as equipes que disputarão a etapa final do Circuito Estadual de Basquete 3x3

Sub-18
Feminino
1) Mangueira 1
2) Rio Sport Club Basketball
3) VemSer
4) Mangueira 2
5) Queimados Basketball
6) Botafogo 2

Masculino
1) Rio Sport Club Basketball
2) Queimados Basketball 1
3) Queimados Basketball 2
4) Escobase
5) Basquete Muralha (VR)
6) Lepo Lepo (VR)

Pós-18
Feminino
1) Criolas
2) Rio Sport Club Basketball 2
3) Rio Sport Club Basketball 1
4) Soul Basket
5) All Basket Team
6) Nacional

Masculino
1) Lendas
2) Rio Sport Club Basketball
3) Warriors Queimados
4) Basquete Porto Real
5) Liga dos Mutantes
6) Thug Family

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Pré-Vestibular Social de Itaboraí começa sábado


O Pré-Vestibular Social da Prefeitura de Itaboraí vai dar início as
suas atividades, no próximo sábado (26/04), na Escola Municipal Clara
Pereira de Oliveira, em Nova Cidade. O curso que conta com 50 vagas,
terá aulas aos sábados das 8h às 16h e aos domingos das 8h às 12 e.
ainda há vagas.

O objetivo do projeto é ajudar os estudantes da cidade a ingressarem
no ensino superior. As aulas são direcionadas para as provas do Enem.

"Ótima oportunidade para àqueles que não possuem tempo durante a
semana. O curso, além de ser de qualidade e gratuito, tem professores
dedicados, mas a dedicação do aluno tem um peso fundamental para
alcançar suas metas", disse Márcio Carvalho, coordenador do curso.

Para se inscrever o aluno deve comparecer a sede do Espaço
Universitário (E.U.), na rua Fidelis Alves, 47, Centro, de 9h às 17h,
com os seguintes documentos: 1 foto 3×4, cópias da identidade e
comprovantes de residência e conclusão do ensino médio. Informações
3639-1978.

A Escola Municipal Clara Pereira de Oliveira fica na rua Bastos de
Barros, bairro Nova Cidade, Itaboraí.

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Itaprevi empossa primeira concursada para o cargo de estatística


A Presidente do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Itaboraí (Itaprevi), Erica Saraiva, emposso  a primeira profissional em estatística aprovada em concurso público da história do órgão.

Aline Costa Melo Cunha de Oliveira, 30 anos, moradora de São João de Meriti, foi aprovada em 2º lugar para o cargo. É formada em Estatística pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) desde 2010 e possui MBA em Gerenciamento de Projeto. Apaixonada por números, atualmente cursa Faculdade de Ciências Atuariais.

Acompanhada do esposo, da mãe e do filho de apenas três meses, a profissional tomou posse na sede do Itaprevi.

“Eu não esperava mais ser convocada, pois era apenas uma vaga e o primeiro colocado foi chamado, mas desistiu. Realmente, foi uma surpresa. Assim que recebi o telegrama de convocação, fiquei feliz demais”, contou Aline, ao assinar o termo de posse.

A presidente Erica Saraiva afirmou que o Itaprevi já empossou todos os concursados que foram classificados dentro do limite de vagas previstas no Edital 007 do concurso público realizado em 2011. Ressaltou também que o instituto e seus beneficiários irão ganhar com o trabalho da especialista.

“Nossa ideia é criar, em breve, um departamento de estatística para colaborar e interagir com os diversos profissionais que fazem parte do Itaprevi. Com isso, vamos reduzir gastos, já que esta função é terceirizada aqui, devido à dificuldade de encontrar este especialista no mercado”, afirmou a presidente, dando às boas-vindas a concursada.

Quem quiser obter mais informações sobre o concurso público é só acessar o sitehttp://itaprevi.rj.gov.br/concursos/

terça-feira, 22 de abril de 2014

Itaboraí vai vacinar 46 mil pessoas contra gripe a partir de quinta-feira (24)


A campanha de vacinação contra a gripe em Itaboraí começa nesta
quinta-feira (24), devido ao ponto facultativo decretado pela
Prefeitura Municipal. Todos os 39 Postos de Saúde da Família (PSFs),
as cinco unidades básicas, Policlínica de Especialidades Médicas
Vereador José Oliveira (Filoco), em Manilha, e o Hospital Estadual
Tavares de Macedo, em Venda das Pedras, estarão mobilizados para
imunizar pessoas maiores de 60 anos, crianças de seis meses a cinco
anos, profissionais de saúde, gestantes e mulheres até 45 dias depois
do parto. Pessoas portadoras de doenças crônicas não-transmissíveis ou
com outras condições clínicas especiais devem apresentar prescrição
médica no ato da vacinação.

A mobilização deste ano, que tem como tema "Vacinação contra a gripe:
você não pode faltar", prevê também o Dia D, marcado para o dia 26 de
abril. A meta da Secretaria Municipal de Saúde é atingir 46 mil
pessoas até o dia 09 de maio, quando termina a campanha.

A dose previne contra três tipos de vírus influenza: o B, o H1N1 e o
H3N2. O principal objetivo é reduzir a mortalidade, as complicações e
as internações que ocorrem em consequência das infecções pela gripe.

"É importante que estes grupos procurem as unidades de saúde do
município durante a campanha e tomem a vacina. Pedimos aos
responsáveis que não se esqueçam de levar a caderneta de vacinação da
criança para que seja verificado se o esquema de imunização está em
dia. Caso não possua, será feita na hora. Mas é importante que as
pessoas não deixem de tomar a vacina. É a melhor forma de se proteger
contra essa doença que pode levar à morte", disse o enfermeiro Valter
Montes, coordenador técnico da Divisão de Imunobiológicos do
município.

 Os postos de vacinação funcionarão das 8h às 17h. A Campanha Nacional
de Vacinação contra a Influenza vem contribuindo, ao longo dos anos,
para a prevenção da gripe e suas complicações (pneumonias bacterianas
ou agravamento de doenças crônicas já existentes, como diabetes e
hipertensão).

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina é segura e não oferece
risco algum. A maioria das reações é leve, como dor e sensibilidade no
local da aplicação. A Influenza Sazonal é uma infecção viral aguda de
alta transmissibilidade que afeta o sistema respiratório. A
transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias ao
falar, tossir ou espirrar. Os sintomas, muitas vezes, são semelhantes
aos do resfriado, que se caracterizam pelo comprometimento das vias
aéreas superiores, com congestão nasal, tosse, rouquidão, febre
variável, mal-estar, mialgia e cefaleia.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Itaboraí realiza festivais internos do Viva Vôlei




A Prefeitura de Itaboraí deu prosseguimento à realização dos festivais internos dos quatro núcleos do Programa Viva Vôlei, realizado no município em parceria com a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). Após a abertura no sábado (12/04) no Ginásio Carlos Castilho Bonan Tiberto, em Cidade Sallém, desta vez foi a Escola Municipal Marly Cid de Almeida Abreu, em Nancilândia, que recebeu a atividade.
"A ideia é incentivar os alunos a colocarem em prática aquilo que aprenderam, além de trazer cada vez mais novas crianças e adolescentes para o programa. Sempre de modo lúdico, valorizando a integração" - disse Alexandre Arêas, que está respondendo interinamente pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.
Durante os festivais, a CBV forneceu diversos brindes para serem entregues aos alunos, como bonés, camisetas  e bolas. Após a etapa interna, todos os núcleos da cidade realizarão juntos um festival. Em seguida, está programada uma visita das crianças ao Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema.
"Praticar um esporte é muito importante para ajudar na evolução das crianças. Meus sobrinhos já faziam aulas aqui e, como minhas filhas sempre gostaram de vôlei, resolvi inscrevê-las também. Venho acompanhá-las sempre que possível, e, quando não posso, vem o meu marido" - disse Regiane da Silva, 36 anos, diarista moradora de Nancilândia, mãe das gêmeas Lívia e Letícia, 11 anos.
Cerca de 70 alunos participam semanalmente das atividades no núcleo, que não atende apenas a estudantes da escola sede, mas a toda a comunidade. Contabilizando toda a cidade, são mais de 350 pessoas inscritas.

O Viva Vôlei

O Viva Vôlei é um projeto de iniciação ao voleibol cuja diretriz é educar e socializar meninos e meninas de 7 a 14 anos através do esporte. Foi iniciado em 1999 pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), quando em 2003 foi criado o Instituto Viva Vôlei para gerenciar o projeto, que tem a chancela e o apoio institucional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco)
Atualmente são 75 centros em atividade, atendendo a cerca de trinta mil crianças e adolescentes de 17 estados brasileiros, gerando aproximadamente trezentos e cinquenta empregos diretos e indiretos. O Viva Vôlei fica responsável por ceder todo o material técnico, assim como realizar a reposição periódica conforme demanda e supervisionar os núcleos, a forma de treinamento e capacitar os professores, sendo estes profissionais cedidos pela prefeitura.

Matrículas

As matrículas seguem abertas nos quatro núcleos de Itaboraí. Os documentos necessários para inscrição das crianças e jovens, de ambos os sexos, que devem ter de 7 a 14 anos,
são: certidão de nascimento, foto 3x4, atestado médico, declaração escolar e assinatura do responsável.

Confira abaixo os horários de atendimento de cada um dos núcleos:

E. M. Genésio da Costa Cotrim (Reta Velha)
Terça e quinta-feira, das 8 às 11 e das 14 às 17 horas.

E. M. Marly Cid de Almeida Abreu (Nancilândia)
Segunda e quarta-feira, das 8 às 11 e das 14 às 17 horas.

E. M. Clara Pereira de Oliveira (Nova Cidade)
Terça-feira, das 8 às 11 e das 14 às 17 horas, e sábado, das 8 às 14 horas.

Ginásio Carlos Castilho Bonan Tiberto (Cidade Sallém)
Segunda e quarta-feira, das 8:30 às 11:30 e das 14 às 17 horas.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Itaboraí recebe duas vans para transporte de pacientes


O secretário de Saúde de Itaboraí, Edilson Francisco dos Santos, participou na sexta-feira (11), no pátio do 7º BPM (São Gonçalo), em Alcântara, da cerimônia de entrega de 17 vans para transporte de pacientes nos municípios que compõem a Região Metropolitana. O gestor, que representou o prefeito Helil Cardozo na solenidade, recebeu dois veículos das mãos do Governador Luiz Fernando Pezão, do secretário estadual de Saúde, Marcos Musafir, e do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Melo (PMDB).

Os veículos têm o objetivo de facilitar o acesso de doentes a tratamentos fora do município onde moram, com mais conforto e segurança no deslocamento. Além de Itaboraí, as vans foram distribuídas aos municípios de Cachoeiras de Macacu, Maricá, Niterói, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim e Tanguá, que receberam cada um duas unidades, com exceção do último da lista que ficou com três.

Segundo Pezão, já foram entregues um total de 180 vans a 91 municípios fluminenses, num investimento total de quase R$ 18 milhões.

“Muitos pacientes se deslocavam para fazer tratamentos de quimioterapia e hemodiálise sem as condições necessárias. Estamos entregando veículos com ar-condicionado para dar mais dignidade e cidadania a quem precisa de atendimento fora da sua cidade”, disse Pezão.

Cada van tem capacidade de 16 lugares e custou R$ 98.895,02, sendo a verba oriunda de emenda parlamentar.

“Estas vans vão servir muito a população de Itaboraí. Em nome do prefeito Helil Cardozo, agradeço todo esforço que o Governo do Estado tem feito para conduzir a saúde com a qualidade que o cidadão itaboraiense merece”, disse Edilson Francisco dos Santos, secretário municipal de Saúde.

As vans doadas estão totalmente regularizadas e com os termos de doação já assinados pela Prefeitura. O Documento Único de Arrecadação (DUDA) de cada uma delas foi pago pela Secretaria de Estado de Saúde. Em contrapartida, o município será responsável pelo seguro, manutenção e alimentação dos pacientes nos casos de viagens que ultrapassarem quatro horas de deslocamento.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Educação realiza aula inaugural do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - PNAIC




A Prefeitura de Itaboraí por meio da secretaria municipal de Educação e Cultura (Semec) realizou na noite da última terça-feira (15/04), no Colégio Cenecista Alberto Torres, no centro, a aula inaugural da formação continuada do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) em Matemática e Linguagem. Iniciado na rede municipal no ano passado, o PNAIC é um compromisso formal assumido pelos governos federal, estaduais e municípais para assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3° ano do Ensino Fundamental.

Segundo a secretária municipal de Educação e Cultura, Susilaine Duarte, esta nova etapa que se inicia terá um foco ampliado, além da continuidade das discussões sobre linguagem, a matemática será inserida. “Vamos redescobri-la, deixar de lado o medo e ousar, ler e escrever o mundo usando a linguagem própria da matemática. Construir novos saberes, encontrar outros caminhos para ensinar”, enfatizou a secretária.

O PNAIC tem duração de dois anos, e acontece em Itaboraí desde março do ano passado, com uma carga horária de 8h mensais, podendo acontecer em um ou dois encontros semanais, em unidades escolares pré-selecionadas, além de formações bimestrais e seminários. Com duração de 160 horas, ao todo são 16 turmas, cada uma com um orientador de estudo da rede municipal de educação.

Aproximadamente 400 professores alfabetizadores, do 1° ao 3° ano do Ensino Fundamental participam do projeto. Para a orientadora e coordenadora do Ciclo de Alfabetização, Alessandra Barbosa, o PNAIC contribui com as formações dos professores que lidam com as crianças no processo de leitura e escrita. “O ano passado foi um sucesso e este ano estamos com a mesma expectativa. É uma forma de melhorar o cotidiano do professor em sala de aula, além de estreitarmos relações”, destacou.

A aula inaugural contou ainda com a palestra da escritora e ilustradora de livros infantis Marília Pirillo, que falou sobre o processo de textos, ilustrações e projetos gráficos. “Sempre fui uma pessoa tímida, desde a época da escola, mas os livros me salvaram. E o livro ilustrativo é o primeiro contato que temos antes de aprendermos a ler, é uma leitura das imagens”.

Segundo a subsecretária de Ensino e coordenadora local do PNAIC em Itaboraí, Dilcelene Quintanilha, a rede municipal de ensino conta com aproximadamente 9 mil alunos no ciclo de alfabetização (1º a 3º ano), que compõem 385 turmas. “Este ano estamos com um diferencial, um grande avanço e conquista da Educação no município, que é a implantação da lei que estabelece 1/3 da carga horária dedicada ao estudo, planejamento e avaliação dos professores. Assim, das 8h mensais do curso, 4h são dedicadas ao cumprimento da lei”.

Nas formações são estudados e debatidos os conceitos e concepções  de alfabetização, o modo de alfabetizar e a capacitação dos professores. O objetivo é alfabetizar todas as crianças em língua portuguesa e matemática. Cada professor cursista recebe uma bolsa auxílio no valor de R$200 e material didático, oferecidos pelo Ministério da Educação (MEC) – Funda Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Além de certificados, emitido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Pelas mãos da secretária de Educação e Cultura, Susilaine Duarte, cada orientador recebeu uma caixa, com apenas algumas ferramentas, representando um desafio: construir muitas aprendizagens com os professores com os quais vivenciarão o período do PNAIC. “Espero que no seminário final, em 15 de dezembro, as caixas voltem com as marcas vivenciadas”, finalizou.

Prefeitura de Itaboraí termina vistoria de táxis


Nesta 4ª feira começa fiscalização do transporte escolar

A Secretaria de Transportes realizou em sua sede, nesta segunda e terça-feira (14 e 15/04), a vistoria dos táxis que trafegam no município. Passaram pelo procedimento 37 dos 91 veículos esperados, desses, 12 não receberam o selo de legalização por estar com pendências. Foram verificados a parte elétrica, itens de segurança, equipamentos obrigatórios e itens específicos para táxis.

Os veículos que tiveram alguma pendência devem providenciar a regularização e comparecer, depois do feriado da semana santa, na Secretaria de Transportes. Já os 51 veículos que não compareceram a vistoria estarão sujeitos a punições da fiscalização. Caso o motorista permissionário insista em rodar com o veículo irregular será multado e ter o carro apreendido, dependendo do tipo de infração.

“Além de receber multa, o motorista que passar o carro a terceiros ou realizar transporte coletivo de passageiros, poderá ter o carro aprendido e para recuperá-lo é um pouco mais complicado, por isso é importante que siga corretamente os tramites legais da profissão”, disse João Máximo dos Anjos, Superintendente de Transportes.

O secretário da pasta, Cláudio Ivanof, ressaltou a importância dessa vistoria para os veículos da cidade. “Essa vistoria vai garantir a segurança daqueles que precisam usar táxis. A nossa secretaria tem promovido a regulamentação do trafego, com isso iremos organizar também o trânsito da cidade. A organização vai trazer mais proteção e segurança em todos os sentidos”, disse.

Amanhã (16/04) e quinta-feira (17/04) é a vez da vistoria de transporte escolar. Ela ocorrerá também na sede da secretaria às 11h ou de 14 à 16:30h. Os motoristas deverão levar a documentação exigida e o preço público pago.

A Secretaria de Transportes fica na Avenida 22 de Maio, 7071, Venda das Pedras. Tel: 3639-1420

Itaboraí ganha Hospital Adventista Silvestre que terá parceria com a Prefeitura



Itaboraí ganhou, na manhã desta terça-feira (15/04), uma unidade do Hospital Adventista Silvestre. O local será uma unidade de saúde que atenderá emergência e realizará tanto procedimentos simples como de alta complexidade, como transplantes. Apesar de ser um hospital particular, o local atenderá uma porcentagem de pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde), por meio de uma parceria com a Prefeitura de Itaboraí.

A cerimônia de inauguração, que aconteceu no anfiteatro da Escola Adventista da cidade, contou com a presença do prefeito de Itaboraí, Helil Cardozo, do vice- prefeito, Audir Santana, do secretário de Saúde, Edilson dos Santos e da consultora geral do município, Helenilza Cardozo, além de representantes e diretores do hospital.

O pastor Gustavo Shumann, um dos responsáveis pelo hospital, agradeceu o apoio da Prefeitura. “Quero agradecer o apoio incondicional que a Prefeitura nos deu, principalmente na agilização de toda a documentação para inauguração do hospital. Helil, muito obrigado sem o apoio de vocês seria muito mais difícil”, disse o pastor.

O prefeito também comemorou a inauguração da unidade para a cidade. “ É fundamental esse empreendimento para a cidade. Essa parceria com a prefeitura irá continuar, e, se for preciso, iremos ampliá-la. Essa unidade irá desafogar o nosso hospital municipal, uma vez que a cidade não tinha hospital particular e absorvia toda a demanda mesmo de quem possui plano de saúde. Desta forma, vamos agilizar o atendimento à população de Itaboraí", disse Helil.

O vice-prefeito Audir Santana, que é médico, falou que o Hospital Silvestre chega em boa hora e que vai desafogar a saúde pública de Itaboraí, já que atenderá pacientes de outros convênios. É mais uma unidade hospitalar que chega ao município, mesmo sendo da rede privada, afirmou Dr. Audir.

O hospital, que entrará em funcionamento em 45 dias, está instalado na antiga sede da Igreja Adventista, que fica ao lado da Escola Adventista Rua Desembargador Ferreira Pinto, 721, no Centro.

Muito animado, o secretário de Saúde Edílson dos Santos ressaltou a importância da parceria. “Estou em conversa com o diretor médico, Rogério Gusmão para estabelecer um protocolo de intenções. Após o início dos trabalhos iremos firmar um termo de cooperação técnica", explicou Edilson.

terça-feira, 15 de abril de 2014

Referência internacional, Itaboraí passa experiência para agricultores franceses



Um grupo de 32 agricultores familiares da Ilha de Reunião, território africano pertencente à França, esteve em Itaboraí para observar a forma de produção agrícola do município. Itaborai é referência internacional em cultivo de frutas cítricas, tendo a laranja como produto principal.


"Mantemos um convênio junto à Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro (Emater-Rio) que permite um dinamismo para a execução de atividades no campo de forma qualificada, protegendo o meio ambiente a partir das práticas agrícolas utilizadas, gerando renda à família rural, atendendo suas necessidades materiais e de bem estar. Tudo de forma sustentável" - disse José Carlos Rodrigues (Zeca de Pacheco), secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca, ao lado de Ana Paula Guimarães, agrônoma da pasta.


Em Perobas, na propriedade de Hernélio Costa, um dos agricultores que fornecem para a Merenda Escolar, programa da Prefeitura que visa incluir no cardápio diário dos estudantes da rede municipal de ensino produtos cultivados em Itaboraí, os franceses puderam observar as produções de laranja, limão, tangerina, aipim e eucalipto, além da adubação verde e adubação racional, que é o controle de adubos aplicados no solo mediante análise química e acompanhamento técnico.


"Fiquei muito feliz em receber os estrangeiros aqui. É bom demais saber que lá do outro lado do mundo existe gente curiosa para conhecer nossa forma de produção. Além do mais, é interessante para trocarmos experiência. Quem sabe eu também não vou lá para conhecer os métodos deles?" - disse Hernélio.


Segundo dados da Emater-Rio, Itaboraí produz, anualmente, mais de 460 toneladas de frutas cítricas, sendo 295 só de laranja. Em produção vegetal se destacam no município, ainda, o aipim (272t) e o quiabo (153t).


"É a primeira vez que venho ao Brasil. Posso dizer que o Rio de Janeiro é mais maravilhoso do que eu imaginava. Sobre Itaboraí, ouvimos falar muito daqui lá em nosso país. Por isso, o grupo decidiu que a nossa primeira visita seria aqui" - disse Jean Michel de Laute, que, junto aos demais franceses, ficará por dez dias no Brasil.

Referência internacional, Itaboraí passa experiência para agricultores franceses


Um grupo de 32 agricultores familiares da Ilha de Reunião, território africano pertencente à França, esteve em Itaboraí para observar a forma de produção agrícola do município. Itaborai é referência internacional em cultivo de frutas cítricas, tendo a laranja como produto principal.


"Mantemos um convênio junto à Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro (Emater-Rio) que permite um dinamismo para a execução de atividades no campo de forma qualificada, protegendo o meio ambiente a partir das práticas agrícolas utilizadas, gerando renda à família rural, atendendo suas necessidades materiais e de bem estar. Tudo de forma sustentável" - disse José Carlos Rodrigues (Zeca de Pacheco), secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca, ao lado de Ana Paula Guimarães, agrônoma da pasta.


Em Perobas, na propriedade de Hernélio Costa, um dos agricultores que fornecem para a Merenda Escolar, programa da Prefeitura que visa incluir no cardápio diário dos estudantes da rede municipal de ensino produtos cultivados em Itaboraí, os franceses puderam observar as produções de laranja, limão, tangerina, aipim e eucalipto, além da adubação verde e adubação racional, que é o controle de adubos aplicados no solo mediante análise química e acompanhamento técnico.


"Fiquei muito feliz em receber os estrangeiros aqui. É bom demais saber que lá do outro lado do mundo existe gente curiosa para conhecer nossa forma de produção. Além do mais, é interessante para trocarmos experiência. Quem sabe eu também não vou lá para conhecer os métodos deles?" - disse Hernélio.


Segundo dados da Emater-Rio, Itaboraí produz, anualmente, mais de 460 toneladas de frutas cítricas, sendo 295 só de laranja. Em produção vegetal se destacam no município, ainda, o aipim (272t) e o quiabo (153t).


"É a primeira vez que venho ao Brasil. Posso dizer que o Rio de Janeiro é mais maravilhoso do que eu imaginava. Sobre Itaboraí, ouvimos falar muito daqui lá em nosso país. Por isso, o grupo decidiu que a nossa primeira visita seria aqui" - disse Jean Michel de Laute, que, junto aos demais franceses, ficará por dez dias no Brasil.

Servidores do Itaprevi participam de curso de capacitação


A nova presidente do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Itaboraí (Itaprevi), Erica Saraiva, dois membros dos conselhos administrativo e fiscal, e cinco servidores da autarquia participaram do curso preparatório para o exame de Certificação Profissional Anbima – CPA 10. A maratona de exercícios preparatório ocorreu na última quarta e quinta-feira (9 e 10/4), das 8h às 18h, no centro do Rio de Janeiro.
O curso, ministrado pelo professor Ronaldo Fonseca visa capacitar e melhorar o serviço prestado aos aposentados, pensionistas e segurados do Instituto. O objetivo é habilitar os candidatos para a futura avaliação, que poderá ser realizada em até seis meses após o término do curso,  que  fortalece a capacitação técnica dos profissionais do mercado financeiro sobre produtos de investimento, fatores de risco, padrões éticos de conduta e a universalização de práticas e procedimentos que induzam e garantam a concorrência leal.
“Mesmo estando na primeira semana de minha gestão fiz questão de participar deste curso. O Itaprevi está entre os sete maiores investidores de Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) do estado do Rio de Janeiro,e  é minha obrigação aprender e dar o meu máximo”, destacou Erica Saraiva.
 Participante do curso, o servidor e presidente da Comissão Permanente de Licitação do Itaprevi, Júlio César Vasconcellos destacou a importância das aulas. “Achei muito satisfatório, um instrumento necessário para que possamos fazer uma boa avaliação. Vou fazer a minha prova o mais rápido possível”, disse Júlio.
O CPA-10 é uma das exigências do Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP), documento fornecido pela Secretaria de Políticas de Previdência Social (SPS), do Ministério da Previdência Social, que atesta o cumprimento dos critérios e exigências estabelecidos na Lei n° 9.717, de 27 de novembro de 1998, pelo regime próprio de previdência social de um Estado, do Distrito Federal ou de um Município. Ou seja, atesta que o ente federativo segue normas de boa gestão, de forma a assegurar o pagamento dos benefícios previdenciários aos seus segurados.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Mais de 4 mil meninas foram vacinadas contra HPV em um mês


O primeiro mês da vacinação contra o Papiloma Vírus Humano (HPV), responsável por quase 95% dos casos de câncer de colo de útero no mundo, contou com 4.200 mil meninas entre 11 e 13 anos vacinadas em Itaboraí, que corresponde a aproximadamente 66% do público-alvo. O balanço parcial divulgado na quinta-feira (10), prazo de encerramento da mobilização, foi contabilizado pela Secretaria Municipal de Saúde. A meta é alcançar sete mil adolescentes nessa faixa etária, ao longo deste ano.

Após o período de campanha, a vacina contra o HPV continuará sendo liberada para as meninas em todos os postos de saúde que realizam vacinação e também na Policlínica de Especialidades Médicas Vereador José de Oliveira (Filoco), em Manilha, e no Hospital Estadual Tavares de Macedo, em Venda das Pedras, das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. As meninas que não receberam a dose deverão procurar a unidade mais próxima de sua casa para tomar a vacina, apresentando além da carteira de vacinação, documento original de identificação com foto.
O coordenador técnico da Divisão de Imunobiológicos da Secretaria Municipal de Saúde, Valter Montes, aponta que a procura tem sido boa, com situações das mais variadas enfrentadas pelos profissionais de saúde.

"Tem gente procurando que não está dentro dessa faixa e quer tomar a vacina de qualquer jeito, e gente que, por motivo religioso ou outras razões, não quer tomar", enumera o coordenador. "O que percebemos é que muitas já tinham tomado a vacina no posto, o que de certa forma mostra uma consciência dos pais. A recepção tem sido boa", avalia.

As estudantes Raquel Oliveira, de 11 anos, e Ingrid Rodrigues, de 12 anos, ouviram sobre a importância da vacina na televisão.
"Eu tive medo de doer na hora, mas não doeu", lembra Ingrid. "Sei que a vacina é importante para não pegar a doença. Uma amiga nossa não queria tomar, estava com medo, mas a gente falou com ela e aí ela foi", explica Raquel.

A vacina

Depois da primeira dose, é preciso tomar uma segunda após seis meses e uma terceira após cinco anos para completar a proteção. A vacina é restrita ao sexo feminino, visando diminuir os casos e mortes devido ao câncer de colo de útero.

A vacina distribuída nos postos da rede pública é quadrivalente, combatendo os subtipos HPV 6, 11, 16 e 18, sendo os dois últimos responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo do útero em todo mundo. O HPV (Papilomavírus Humano) é um vírus que infecta a pele ou mucosas. Sua transmissão ocorre através do contato direto com a área infectada, e a principal forma de contágio é através de relação sexual. A transmissão vertical (de mãe para filho) e o início precoce da vida sexual também são formas de contágio.

No Brasil, o câncer de colo de útero é a quarta causa de morte por câncer entre as mulheres. Com a inclusão da vacina no SUS, o Ministério da Saúde espera contribuir na redução dos casos. Em 2015, de acordo com o calendário desenvolvido pelo Ministério da Saúde, a vacina passa a ser oferecida para meninas entre 9 e 11 anos.

domingo, 13 de abril de 2014

Serviço de tomografia de Itaboraí comemora primeiro ano de funcionamento


Equipamento já realizou mais de 5 mil tomografias

 No primeiro ano de funcionamento, o serviço de tomografia do Hospital Municipal Desembargador Leal Junior, em Itaboraí, já realizou 5.387 mil exames desde a implantação do equipamento pela atual gestão municipal, em abril do ano passado.

"A existência de um tomógrafo no hospital municipal era uma grande necessidade de nossa população, assim como as novas instalações do Pronto-Socorro Infantil e outras conquistas na área de saúde que conseguimos implantar nesse primeiro ano de gestão", comemora Helil Cardozo.

Em 21 anos de fundação da unidade de saúde, esta é a primeira vez que um tomógrafo é ofertado à população diretamente no Hospital Municipal. O serviço funciona 24 horas, de domingo a domingo, com a possibilidade de realizar 17 exames diferentes, do crânio ao tornozelo. O Leal Júnior é o único hospital com atendimento de emergência em toda a cidade. Em Itaboraí, não há hospitais da rede privada.

O tomógrafo é operado por uma equipe técnica especializada, incluindo médicos radiologistas, e fornece imagens mais precisas do que as do equipamento de Raios-X, detectando alterações muito pequenas em ossos, tecidos, órgãos e outras estruturas do corpo. É utilizado ainda para investigar nódulos ou tumores, bem como vasos pulmonares e cerebrais. O laudo fica pronto em até 2 horas. Em casos de risco de vida, o parecer sai em menos de 30 minutos.

"O serviço de tomografia no hospital municipal foi um ganho enorme para a cidade. Muitas vidas foram salvas, já que o equipamento possibilitou precisão e agilidade no diagnóstico de pacientes com traumas graves, que são a maioria dos atendidos nessa unidade de saúde", afirmou o secretário municipal de Saúde, Edilson Francisco dos Santos.

O diretor do Hospital Municipal, Marcos Souza, lembra que a unidade de saúde, além de atender a população local, costuma receber vítimas de acidentes ocorridos nas quatro rodovias que cortam a cidade e também trabalhadores que atuam nas obras do Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj), onde há mais de 30 mil funcionários. O diretor destaca ainda que o tomógrafo diminuiu o tempo de internação dos pacientes no hospital.

"Devemos comemorar o número de vidas que foram preservadas diante da gravidade dos pacientes que chegam aqui", diz Marcos Souza. "O serviço de tomografia atende casos de urgência e emergência, em sua maioria, vítimas de traumatismo craniano e também Acidente Vascular Cerebral (AVC)", explica.

Táxis e transporte escolar serão vistoriados em Itaboraí


A Secretaria de Transportes marcou para os próximos dias (14 e 15), segunda e terça-feira, a vistoria de táxis e para os dias (16 e 17) quarta e quinta-feira, a de transporte escolar. A previsão é de que sejam legalizados 92 táxis e 40 veículos escolares.

Para a vistoria os proprietários devem levar os veículos, nos horários de 9 às 11h ou 14 às 16:30h, na sede da Secretaria ( Avenida 22 de Maio, 7071, Venda das Pedras), com toda a documentação exigida (confira a lista abaixo) e com a taxa pública paga.

A Secretaria de Transportes vai checar, além da documentação do motorista autorizatário e do auxiliar, no caso de transporte escolar, e dos permissionários de táxis, se os veículos se enquadram nas normas exigidas pela Prefeitura, como a padronização da pintura, número mínimo de vagas sentadas e a exibição do número de registro do carro.

Segundo o secretário de Transportes, Cláudio Ivanof, essa vistoria é para dar mais segurança aos motoristas e usuários dos veículos. "A vistoria é necessária, não apenas para que o transporte ocorra de maneira segura, mas também para que a Prefeitura tenha um controle adequado em relação à sua fiscalização".

Ivanof ressaltou, ainda, que com a vistoria e a liberação da autorização de circulação a Prefeitura poderá ter um maior controle sobre os carros e com isso inibir o transporte clandestino.

Lista de documentos necessários:
Motorista: Estar com o processo aberto na Secretaria de Fazenda; identidade; CPF (cadastro de pessoa física); comprovante de residência atualizado; habilitação com categorias D e E com pelo menos 2 anos de experiência, no caso de transporte escolar;
Veículo: Cópia do CRVL (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo); comprovante de pagamentos do preço público; ter de 7 ou mais lugares para passageiros sentados; ter pintura padronizada.

sábado, 12 de abril de 2014

Itaboraí lança Caderneta de Saúde do Adolescente


Documento vai subsidiar o atendimento nas unidades de saúde

A Prefeitura de Itaboraí lançou a Caderneta de Saúde do Adolescente,
desenvolvida pelo Governo Federal e distribuída pela Secretaria
Municipal de Saúde. A implantação será realizada por meio de um
projeto-piloto nas Unidades de Saúde da Família de Jardim Idália e de
Pachecos, sendo esta em parceria com a Escola Estadual Jovina Amaral
de Oliveira. As duas unidades servirão para orientar assistentes
sociais, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de
saúde a entender a forma de abordagem do adolescente e a aceitação da
caderneta.

Nesta quarta-feira (09) os profissionais se reuniram no auditório do
Colégio Cenecista Alberto Torres/FACNEC, no Centro da Cidade para
participar de uma oficina para implantação do livreto. De acordo com o
secretário municipal de Saúde, Edilson Francisco dos Santos, os
adolescentes agora terão um novo instrumento de cidadania.

"O objetivo desse novo documento é apoiar meninos e meninas na fase de
mudanças e descobertas próprias da adolescência, enfatizando a
importância dos valores, assim como das referências familiares",
afirmou.

 De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o
adolescente é a pessoa que tem entre 12 e 18 anos. No entanto, para os
serviços de saúde essa faixa foi ampliada, considerando-se dos 10 aos
19 anos, pois é justamente a partir dessa idade que se iniciam várias
transformações no corpo, no crescimento, na vida emocional, social e
relações afetivas desses jovens.

Itaboraí tem em sua população 28.449 mil jovens na faixa etária de 10
a 19 anos, segundo censo do Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística (IBGE), sendo 14.510 mil meninos e 13.939 mil meninas.
Porém, apenas 4.945 mil são cadastrados nas unidades de saúde e o
restante, 23.504 mil, recebem atendimento nas seis unidades básicas de
saúde do município.

"Este é um público que não pode ser esquecido, apesar de não procurar
as unidades de saúde, mesmo estando com dúvidas sobre as
transformações do seu corpo. Eles não se sentem seguro em conversar
com o profissional, buscar orientação, porque quase sempre não há um
espaço adequado para expor suas preocupações de forma sigilosa. Nosso
objetivo é dar visibilidade ao adolescente, garantindo uma atenção
integral à sua saúde, o que significa reduzir as principais doenças e
promover o crescimento e o desenvolvimento saudável dele, além de
subsidiar os serviços de saúde na atenção integral à este público",
explicou a coordenadora do Programa de Atenção Integral à Saúde da
Criança e do Adolescente (PAISCA), Dayelle Sesana Pereira.

A Caderneta

O Ministério da Saúde, por meio da Área Técnica de Saúde de
Adolescentes e Jovens, construiu duas versões: uma para meninos e
outra para meninas. Em suas páginas há local para informações
fundamentais à saúde, que vão desde os direitos dos adolescentes, bem
como dicas de saúde, alimentação saudável, vacinação, saúde bucal,
consultas odontológicas, sexualidade, violência, cuidados com o uso de
álcool, drogas, a outros assuntos pertinentes a promoção da qualidade
de vida. Sempre que um adolescente comparecer a rede de saúde, terá
apontada no caderno os dados do prontuário.

A equipe técnica da Saúde do Adolescente de Itaboraí fará em junho uma
avaliação do projeto-piloto para saber a melhor metodologia a ser
aplicada para distribuição das Cadernetas de Saúde em todas os postos
da rede pública municipal. De acordo com o cronograma, até o início do
segundo semestre deste ano deverão ser distribuídos nove mil
cadernetas. Em 2015, serão 11.500 mil, sendo este mesmo número em
2016.

Projeto 'Aprender Fazendo' vai oferecer qualificação para cerca de 500 profissionais da saúde


Cerca de 500 profissionais de saúde serão beneficiados em Itaboraí com o projeto ‘Aprender Fazendo’, fruto da parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Núcleo de Educação Permanente, o Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), através da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP).

Nesta terça-feira (08) um seminário realizado no Vera Gol Esporte e Lazer, em Outeiro das Pedras, reuniu profissionais, gestores e instituições de ensino para lançar cursos de atualização e de especialização voltados para agentes comunitários, auxiliares e técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos da Atenção Básica, e apresentar também as ações, planos e metas do núcleo para 2014.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Edilson Francisco dos Santos, o município vive um momento de mudanças importantes e, por conta disso, deve se cercado de parceiros para não ser atropelado pelas conseqüências que empreendimentos como Comperj devem trazer.

“O desenvolvimento não pergunta ao município se ele tá preparado. Por isso, é fundamental para Itaboraí estabelecer parcerias com instituições como Fiocruz e universidades como UERJ, UFRJ, UFF para compartilhamento de conhecimentos. Vale ressaltar que esta associação é apenas de transferência de informação, sem envolver recursos financeiros”, afirmou o gestor.

O subsecretário de Atenção Básica, Ronaldo Veiga, afirmou também que apóia as capacitações com o objetivo de qualificar o profissional de saúde para que os serviços ofertados aos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) sejam cada vez mais eficientes.

O encontro reuniu 200 convidados que foram conferir a apresentação do programa Caminhos do Cuidado: Formação em Saúde Mental (crack, álcool e outras drogas). A formação beneficiará todos os agentes comunitários de saúde e técnicos de enfermagem do programa Estratégia Saúde da Família (ESF).

Serão formadas quatro turmas, com 40 alunos cada, que irão estudar uma vez por semana, durante um mês. A aula inaugural do curso começa no próximo dia 29 de abril, na Faculdade Itaboraí, no Centro da cidade. A carga horária presencial é de 40h. Todos os alunos receberão material didático, alimentação e certificado de conclusão de curso fornecido pelo Ministério da Saúde.

Já a Fiocruz está oferecendo 25 vagas para curso de pós-graduação voltado para médicos e enfermeiros com uma carga horária de 400 horas. O curso tem duração de 12 meses e vai abordar temas envolvendo planos municipais de saúde e desenvolvimento social, que serão monitorados pela Escola Nacional de Saúde Pública.
Para a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Suely Lopes, o trabalho de capacitação com as instituições de ensino fortalece a gestão executiva municipal.

“As propostas destes cursos são bem-vindas. Temos agora que trabalhar para tirá-las do papel e concretizá-las na busca de um ambiente social mais favorável à nossa população. Estamos dando um passo sem volta e vivendo um momento histórico na cidade. A capacitação dos profissionais irá ajudar nos primeiros atendimentos à pacientes/consumidores de crack, álcool e outras drogas, além de ampliar as boas práticas de cuidado, acolhimento e escuta desses pacientes”, afirmou a secretária.

A coordenadora do núcleo de Educação Permanente, Rosângela Martins Gomes afirma que pretende expandir o projeto ‘Aprender Fazendo’, abrindo outros cursos.

“A proposta é implementar o plano de qualificação e formação profissional que contemple todos os níveis de atenção, fundamentado na Estratégia de Educação Permanente”, frisou. “Este evento não fecha o projeto “Aprender Fazendo”. Estamos apenas iniciando as propostas para este ano e pretendemos ainda oferecer outros cursos voltados para tabagismo, hanseníase, cuidados com idoso e outros em que os profissionais estejam necessitando de atualização”, explicou.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Abertura da exposição de arte e moda de Débora Lobosco agita a cidade


A Casa Heloísa Alberto Torres (Chat) abriu suas portas na noite da última quinta-feira (10/04) para a abertura da “Exposição de Arte e Moda Débora Lobosco”. O evento contou com o desfile da nova coleção Outono/Inverno 2014 da estilista, onde as modelos desfilaram num grandioso tapete vermelho. A exposição, com entrada gratuita segue até o dia 17 de abril, com apresentação de croquis e peças.
Para o presidente da Fundação Cultural de Itaboraí (FCI), Cláudio Rogério Dutra é um orgulho poder receber na Chat, a exposição de uma estilista da cidade. “Grandes itaboraienses fizeram história, como por exemplo, o Visconde de Itaboraí. Para se construir um futuro melhor é necessário a preservação da história”, ressaltou o presidente.
A anfitriã da noite, Débora Lobosco agradeceu as quase 200 pessoas que compareceram ao evento e a FCI, por ter cedido o belo espaço. “Obrigada pela presença de todos, o desfile foi um sucesso e eu estou muito feliz. O espaço casou perfeitamente com a proposta da coleção”.
Filha da cidade, Débora Lobosco, já atua no segmento artístico da moda há 22 anos nessa região. Em 2011, consolidou a carreira ao abrir, em sua casa, um atelier criando suas próprias coleções, colocando o nome de Itaboraí na história da alta costura.
A Casa Heloísa Alberto Torres fica na Praça Marechal Floriano Peixoto, 303, Centro, Itaboraí.

Itaboraí inicia campanha de vacinação contra febre aftosa


A partir do próximo dia 1 de maio, a Prefeitura de Itaboraí vai disponibilizar, em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária, vacinas contra a febre aftosa para aplicação em bois, vacas e búfalos. Os medicamentos serão gratuitos para os pequenos produtores de todos os oito distritos do município. A meta é superar 2013, quando a cidade alcançou mais de 90% da meta de imunização.
"É responsabilidade legal do produtor zelar pela vacinação do próprio rebanho. No entanto, sabemos que muitas pessoas não têm condições de adquirir a vacina pela iniciativa privada. Por isso, vamos fornecê-la, buscando evitar essa doença que causa grande perda econômica e tem proliferação muito rápida" - disse José Carlos Rodrigues (Zeca de Pacheco), secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca, ao lado da veterinária Claudia Leal.
Durante todo o mês de maio, a Secretaria vai disponibilizar duas equipes para não apenas entregarem a vacina, mas aplicá-la e dar as devidas orientações aos produtores. Cada grupo de profissionais contará com um veterinário, um vacinador, um apoiador e um motorista. A solicitação de agendamento, bem como o esclarecimento a qualquer dúvida, pode ser feita, das 8 às 17 horas, pelo telefone 3639-1570 ou diretamente na Avenida 22 de Maio, 7557, Venda das Pedras.
Febre Aftosa
Além da febre, os principais sintomas da doença são calafrios e redução da produção de leite durante dois ou três dias. Depois, aparecem as vesículas (aftas) na língua e boca, narinas, focinho, entre os cascos e também nas tetas. Podem surgir, ainda, rangido dos dentes, babas, manqueira, batida no chão com as patas ou coices. Animais mais jovens podem sofrer miocardite e morrerem. Qualquer destes sintomas deve ser comunicado imediatamente à Secretaria de Estado pelo telefone 3607-5009 ou diretamente na Alameda São Boaventura, 770, Fonseca, Niterói.
A transmissão da doença ocorre por contato direto ou indireto com animais infectados, pelo ar, por comer resíduos contaminados, pelas mãos dos humanos e objetos que levam vírus de um animal para o outro e pela inseminação artificial de sêmen contaminado.
A vacinação
A imunização da doença no estado do Rio de Janeiro é feita em duas etapas, sendo a primeira em maio, quando todo o rebanho bovino e bubalino é vacinado, e outra em novembro, com o medicamento sendo aplicado apenas em animais de até 2 anos de idade. Mesmo os grandes produtores, que terão de adquirir as vacinas via iniciativa privada, deverão comunicar a aplicação obrigatoriamente à Secretaria.

Adiado Pré-Vestibular Social de Itaborai



Com o objetivo de manter uma continuidade sem prejudicar de forma alguma o rendimento dos estudos, o Pré-vestibular Social da Prefeitura de Itaboraí foi adiado para depois do feriado da Semana Santa. O início das aulas que seria amanhã dia 12/04 foi transferido para o dia 26 /04. O local e os horários continuam o mesmos.
Com isso, as inscrições também foram prorrogadas até o dia 25/04, e podem ser feitas na sede do Espaço Universitário (E.U.), de 9h às 17h, com os seguintes documentos: 1 foto 3×4, cópias da identidade e comprovantes de residência e conclusão do ensino médio.
O curso, que conta com 50 vagas, tem como objetivo ajudar os estudantes da cidade a ingressarem no ensino superior. As aulas são direcionadas para as provas do Enem e serão ministradas aos sábados, de 8h às 17h e domingos, de 8h às 12h, na Escola Municipal Clara Pereira de Oliveira, em Nova Cidade.
O E.U. está instalado no prédio da  Administração da Prefeitura, na antiga Casa Mather, que fica na rua Fidelis Alves, 47, Centro. Mais informações no telefone 3639-1989.
“Ótima oportunidade para àqueles que não possuem tempo durante a semana. O curso, além de ser de qualidade e gratuito, tem professores dedicados, mas a dedicação do aluno tem um peso fundamental para alcançar suas metas”, disse Márcio Carvalho, coordenador do curso.
A Escola Municipal Clara Pereira de Oliveira fica na rua Bastos de Barros, bairro Nova Cidade, Itaboraí.

Itaboraí sedia encontro dos Conselhos Municipais de Educação


A Prefeitura de Itaboraí, através da secretaria de Educação e Cultura, sediou na segunda-feira (07) o III Encontro da Regional Metropolitana da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME/RJ), que aconteceu no Vera Gol Esporte e Lazer, em Outeiro das Pedras.

O encontro teve como objetivo apresentar e discutir propostas de trabalho para a gestão da coordenação regional/estadual relativas ao biênio 2014-2016, debater a educação municipal e fortalecer os conselhos municipais dos municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti, Tanguá e Itaboraí. Temas sobre ensino fundamental, educação especial, infantil, de jovens e adultos também foram apresentados numa mesa redonda.

De acordo com a presidente do Conselho Municipal de Itaboraí e secretaria municipal de Educação e Cultura, Susilaine Duarte Ribeiro Soares, o encontro serviu como momento de troca entre os participantes.

“A reunião mostrou a visibilidade a nível estadual que o nosso conselho já tem, além da articulação com a UNCME nacional, através deste encontro com a Regional Metropolitana”, declarou.

Entre os presentes estiveram as coordenadoras estadual e regional da UNCME, Nelma Rago e Rosemary Lyrio, a presidente e a vice do Conselho Municipal de Educação de Itaboraí, Susilaine Duarte Ribeiro Soares e Simone de Oliveira da Silva Santos, e as presidentes da Câmara de Legislação e de Educação Básica do Conselho de Educação de Itaboraí, Dilcelene Quintanilha de Resende Cordeiro e Clemária Ramos Ataíde.

Durante a reunião também foi eleita a nova coordenadora regional da UNCME/RJ, Rosemary Lyrio, de São João de Meriti para o biênio 2014-2016. Acidade de Niterói foi a escolhida para receber o IV Encontro, que deverá acontecer em abril de 2015.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Atividades físicas e de lazer é tema de mobilização em Itaboraí


Até sexta-feira (11) cerca de nove mil alunos das creches,
pré-escolas, ensino fundamental e médio de 26 escolas públicas
municipais de Itaboraí participam da Semana de Mobilização Saúde na
Escola. O tema deste ano é "Práticas corporais, atividades físicas e
lazer na perspectiva da cultura de paz e dos direitos humanos". A
estratégia faz parte do Programa Saúde na Escola (PSE), que promove a
melhoria da qualidade de vida dos estudantes.

A ação é realizada através de uma parceria entre as secretarias
municipal de Saúde e Educação, no qual os alunos estão sendo
submetidos a avaliação, prevenção e promoção da saúde. De acordo com o
secretário de Saúde de Itaboraí, Edilson Francisco dos Santos, que é
médico pediatra, é de suma importância dar atenção à saúde dos
estudantes, fator que interfere inclusive no rendimento escolar.

"Vamos orientar e estimular crianças e jovens a adotarem hábitos
saudáveis desde cedo, incentivando-os a incluir na rotina atividades
físicas e recreativas", destacou. "Ao estimular ações de promoção à
saúde no ambiente escolar, envolvemos não apenas os estudantes, mas
também os pais e educadores, fazendo com que essa iniciativa extrapole
o momento da mobilização da semana e faça parte do cotidiano escolar
ao longo do ano letivo", frisou.

Para a secretária municipal da Educação e Cultura, Susilaine Duarte, é
fundamental que a ação nas escolas envolva a participação de toda
comunidade estudantil.

"São questões que dizem respeito à saúde, mas que têm grande reflexo
na aprendizagem dos estudantes. Detectar precocemente e agir antes que
uma doença se estabeleça é uma garantia de melhor desenvolvimento de
nossos alunos", afirmou.

A mobilização também prevê um repasse de incentivo financeiro para
Itaboraí, previsto em R$ 45 mil. O repasse será realizado a partir de
agosto de 2014, após a inserção das informações das ações realizadas
pelos municípios nos sistemas de monitoramento do Programa Saúde na
Escola (PSE).

Vale do Sol recebe "Prefeitura Perto de Você" com duas novidades


ônibus com equipamentos médicos modernos e sessão de cinema

A Prefeitura de Itaboraí vai realizar neste sábado (12) a oitava edição do "Prefeitura Perto de Você". Dessa vez o bairro contemplado será o Vale do Sol. A principal novidade do evento, que será apresentada pelo prefeito Helil Cardozo, será um ônibus que levará mais serviços de saúde à população. O veículo possui modernos consultórios odontológico, ginecológico e clínica geral, além de escovódromo para as crianças terem orientações de como escovar corretamente os dentes e usar o fio dental. Além dos serviços normalmente oferecidos, a ação também vai contar com apresentação de uma sessão de cinema, às 18h, com o filme " Rio II" através do mais novo parceiro da prefeitura, o Cine Petrobras.

O veículo, que foi doado pela ONG Geração Vida, será utilizado em várias localidades e tem como objetivo, facilitar o acesso ao atendimento médico para aqueles que não tem ou ainda não tiveram acesso aos postos de saúde, sobretudo nos bairros mais distantes do município.O ônibus tem mobiliário dos mais modernos e gerador para manter os equipamentos médicos e de refrigeração em funcionamento.

O prefeito de Itaboraí, Helil Cardozo, seu vice, Audir Santana, e todos os secretários municipais vão transferir seus gabinetes para o bairro e atenderão diretamente os cidadãos.

Os casais interessados em oficializar união estável para casamento, serviço bastante procurado em todas as edições do programa, também será oferecido pela Prefeitura durante o evento, com o apoio de juízes de Direito do Fórum de Itaboraí e do Ministério Público para viabilizar a cerimônia matrimonial.

Um mutirão de serviços de utilidade pública e ações nas áreas de Saúde, Educação, Lazer e Cultura será oferecido à população que comparecer á Escola Municipal Padre Hugo Montedônio Rêgo das 9h às 17hs.

O projeto também conta com a participação do Poder Judiciário, Ministério Público, Governo do Estado e outros parceiros, como ONGs, associações e empresas.

Em comemoração à Semana Santa, será oferecida uma oficina de páscoa, que ensinará a

população a fabricar artefatos de chocolates.

Parceiros

Mais uma vez presente ao Prefeitura Perto de Você, o Detran concederá primeira e segunda vias de identidade, com fotografias sendo tiradas no próprio local. A Fundação Leão XIII também participa da ação, e fornecerá gratuidade em certidões de casamento, nascimento e óbito. Já a Defensoria Pública ficará à disposição de quem precisar de auxílio. Haverá, ainda, serviços de corte de cabelo feminino e masculino, escova, manicure, maquiagem, design de sobrancelha, limpeza de pele, além de animação infantil.

Saiba Mais

Com o apoio de cerca de 200 voluntários, o “Prefeitura Perto de Você” teve a sua primeira edição em agosto do ano passado com o intuito de aproximar ainda mais os serviços do poder público municipal à população. Cerca de 40 mil pessoas já foram beneficiadas pelo projeto, que já visitou os bairros de Reta Nova, João Caetano (Itambi), Manilha, Jardim Itamarati (Visconde), Nova Cidade, Cabuçu e Quissamã.

Serviço

A Escola Municipal Padre Hugo Montedônio Rêgo fica na Av. Laurindo Gonzalez, s/nº - Vale do Sol - Manilha - Itaboraí. O evento ocorre das 9h às 17h, com entrada gratuita.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Nova secretária de Itaboraí vai entregar o Centro de Comércio Popular até o final de 2014


Dr. Audir deixa a SEMDS para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado

A professora Suely Costa é a nova secretária de Desenvolvimento Social de Itaboraí (SEMDS), que tinha como titular o vice-prefeito Audir Santana (PSL). Devido as normas da Justiça Eleitoral, como é pré-candidato a uma cadeira na Assembleia Legislativa, ele teve que se desincompatibilizar do cargo de secretário municipal. Ao assumir a secretaria, Suely afirmou que dará prosseguimento aos projetos que estão em andamento, como a construção do Centro de Comércio Popular numa área nobre do centro da cidade.

Natural e moradora de Itaboraí, Suely Lopes da Silva é formada em licenciatura e pedagogia pela Fundação Educacional de Itaboraí (FEITA) com especialização em administração escolar e magistério. De 1970 a 1981, atuou como professora, docente e extraclasse. Em 1982, foi diretora adjunta do Colégio Estadual Visconde de Itaboraí, onde depois se tornou a primeira diretora geral eleita, permanecendo no cargo até 1989.
Suely Lopes foi secretária municipal de Educação e Cultura de Itaboraí (1993 a 1996) e chefe de gabinete no período de 2001 a 2007, ano no qual, em 02 de outubro, assumiu a coordenadoria regional de Educação da Metropolitana IX – SEEDUC/RJ, onde ficou até 30 de abril de 2011. Em 02 de janeiro de 2013, Suely Lopes assumiu o cargo de chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEMDS) de Itaboraí, assumindo a titularidade da pasta em 03 de abril de 2014.

Na transmissão do cargo, Audir Santana lembrou que nesses últimos 15 meses, entre outras ações, concedeu reajuste salarial de até 36% por cento para o pessoal da área social, inaugurou o Abrigo Institucional Ewaldo Saramago Pinheiro para criança e adolescente, abriu 380 vagas para cursos profissionalizantes do Pronatec, reformou e climatizou a funerária municipal, sinalizou todos os equipamentos sociais e viabilizou novas instalações para o Conselho Tutelar e CREAS.

Ainda à frente da SEMDS, Dr. Audir, através de mensagens enviadas à Câmara de Vereadores, teve aprovadas a definição do Plano de Acessibilidade de Itaboraí e a criação do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência. A partir de agora, como vice-prefeito, Dr. Audir vai despachar na sede do poder executivo e acompanhar de perto as ações das secretarias municipais, como a construção do Centro de Comércio Popular na Avenida 22 de maio, Centro, de responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Social, que será entregue até o final do ano aos ambulantes cadastrados.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Médicos e enfermeiros das unidades de saúde são capacitados pediatria


Acompanhar o crescimento e desenvolvimento é importante para a
promoção à saúde da criança. Porém, pesar, medir, avaliar a aquisição
de novas habilidades nem sempre são realizadas de forma correta e
sistemática pelas equipes de saúde, já que se faz necessário a
capacitação técnica e o seguimento de normas, bem como trabalho
integrado dos profissionais de saúde.

Com o objetivo de compartilhar conhecimentos científicos e
experiências foi realizado nesta quarta-feira (02), no auditório do
Colégio Cenecista Alberto Torres, o encontro de atualização em
pediatria com ênfase nas condutas médicas frente às doenças
prevalentes na infância.

 A coordenadora do programa de Atenção Integral à Saúde da Criança e
do Adolescente, Dayelle Sesana Pereira, espera que o evento sirva para
produzir frutos positivos às crianças, que demanda cuidados especiais
nas diferentes fases de crescimento e desenvolvimento.

 "Este encontro serve como uma reciclagem de conhecimentos para
médicos e enfermeiros que trabalham nos postos de saúde para que
reflita numa melhoria no atendimento às crianças de nosso município,
além de valorizar a categoria", afirmou.

Durante oito horas, os profissionais que atuam nas unidades de saúde
da família do município foram capacitados e atualizados sobre condutas
médicas frente às doenças prevalentes na infância, como dermatites,
infecções respiratórias e após a queda do coto umbilical, otites,
sinusites, pneumonias e fimose, com o médico Jorge Miguel Serafim
Campos.

Para o subsecretário em Atenção Básica, o neurologista Ronaldo Veiga,
a intenção é, antes de tudo, unir os profissionais para que eles
possam trocar experiências.

"A medicina está em constante atualização. É importante manter o
diálogo para evoluirmos juntos. Com isso, tivemos a ideia de oferecer
palestras relacionadas a algumas especialidades, ajudando os
profissionais a se qualificarem, melhorando o atendimento a todos",
disse o gestor.



O encontro também abordou o trabalho em equipe com fortalecimento do
vínculo médico/enfermeiro, com a médica neonatologista Marluce Jucá; e
a consulta de puericultura realizada pelo profissional médico, com
ênfase no número de consultas recomendadas e observações pertinentes
ao exame físico, com o pediatra Sérgio Arino.

 O médico argentino Hernan Cardenas, que atua no PSF de Vila Brasil
por meio do programa Mais Médicos, do Governo Federal, não desperdiça
oportunidades para adquirir conhecimentos. De acordo com o
profissional é importante trocar experiências para reverter no
atendimento infantil.

"Precisamos estar abertos para aprender coisas novas todos os dias.
Acho maravilhoso esse interesse da Secretaria de Saúde em nos fornecer
esse conteúdo. Atendo muitas crianças no posto e quanto mais
informações tivermos a respeito destes pacientes, melhor", disse.

Prefeitura abre inscrição para o Pré-Vestibular Social


A Prefeitura de Itaboraí, através do Espaço Universitário (E.U), abriu inscrições para o Pré-Vestibular Social. O curso, que terá início no próximo sábado (12/04), conta com 50 vagas e irá funcionar aos sábados, durante todo o dia e domingo, pela manhã, na Escola Municipal Clara Pereira de Oliveira, em Nova Cidade.

O principal objetivo é ajudar os estudantes da cidade a ingressarem no ensino superior. As aulas são direcionadas para as provas do Enem e para se inscrever, o aluno deve comparecer a sede do Espaço Universitário (E.U.) com os seguintes documentos: 1 foto 3x4, cópias da identidade e comprovantes de residência e conclusão do ensino médio.

O E.U. está instalado no prédio da  Administração da Prefeitura, na antiga Casa Mather, que fica na rua Fidelis Alves, 47, Centro. Mais informações no número 3639-1989.

Já no terceiro ano de funcionamento, o Pré-Vestibular, tem um percentual de aprovação de 30% e superou as expectativas iniciais. Os alunos conseguiram entrar em universidades públicas ou receberam bolsa integral do Prouni através das notas do Enem.

“Ótima oportunidade para àqueles que não possuem tempo durante a semana. O curso, além de ser de qualidade e gratuito, tem professores dedicados, mas a dedicação do aluno tem um peso fundamental para alcançar suas metas”, disse Márcio Carvalho coordenador do curso.

Os professores são alunos universitários e profissionais voluntários. Alguns docentes utilizam o benefício do ônibus universitário. Há também aqueles que gostam de ajudar, que é o caso da professora de biologia, Ingrid Valladares, que mora em outro município e disponibiliza um tempo do seu sábado para dar aulas por prazer em Itaboraí.

A escola Escola Municipal Clara Pereira de Oliveira, fica na rua Bastos de Barros, bairro Nova Cidade, .

Clínica-Escola do Autista é inaugurada em Itaboraí


O prefeito de Itaboraí, Helil Cardozo, inaugurou na noite de ontem (1º
de abril), véspera do Dia Mundial de Conscientização do Autista, a
Clínica-Escola do Autista. Iniciativa pioneira no estado, a clínica,
situada na Rua Comandante Ari Parreiras, 327, no bairro de Venda das
Pedras, é uma antiga reivindicação do Movimento Família Azul, criado
por Berenice Piana di Piana, mãe de um jovem autista, de 19 anos e
moradora do município. Foi ela quem lutou pela criação da Lei Federal
12.764/12, que garante a matrícula de autistas na rede regular de
ensino. A lei, inclusive, leva o nome de Berenice.

Durante a cerimônia, o prefeito contou que administração resolveu
"abraçar a causa" por considerar que somente a inclusão no ensino
regular não contempla a todos os portadores da síndrome. "É
fundamental que os autistas sejam incluídos no ensino regular, e acho
importante, também, que eles tenham direito ao ensino especial quando
necessário, afinal, não são só eles os beneficiados, mas as famílias
também", concluiu.

A clínica-escola vai atender os autistas em duas vertentes de trabalho
que estão associadas: saúde e educação. A primeira atuará no
diagnóstico precoce, ainda que não definitivo, utilizando o protocolo
de diagnóstico para autistas do SUS; na coleta de informações que
auxiliem na identificação da síndrome e no tratamento; na aplicação da
medicação e na terapia nutricional. Já pelo aspecto da educação, por
meio de projetos que incluam atividades diárias, aulas práticas e os
referenciais curriculares do projeto pedagógico da secretaria
municipal de Educação e Cultura, construindo planos de atendimento
individualizados - currículos adaptados ou funcionais - de acordo com
as necessidades e potencialidades de cada aluno.

A cerimônia de inauguração contou com a participação da banda da
Guarda Municipal, que executou o Hino Nacional e o Hino do Município
de Itaboraí. Também participaram da solenidade, a primeira-dama do
município e coordenadora do projeto Vida e Movimento, Ana Maria Rangel
Cardozo, o vice-prefeito e secretário municipal de Desenvolvimento
Social, Audir Santana; a secretária municipal de Educação e Cultura,
professora Susilaine Duarte Ribeiro Soares; o vereador Roberto Costa;
o juiz de Direito, Almir de Carvalho e a idealizadora do projeto,
Berenice Piana di Piana.

O músico e cantor Saulo Laucas, de 30 anos, que é autista, cantou e
tocou ao piano durante a solenidade de inauguração da clínica-escola.
Seu pai, o aposentado Enivaldo Pereira, 63 anos, disse que ele começou
a cantar na terapia, aos 12 anos, e foi estimulado a tocar piano,
posteriormente. "Vimos que ele poderia desenvolver esse lado artístico
e então colocamos ele em aulas específicas", afirmou. Saulo,
inclusive, gravou um CD com as músicas que interpreta.

Funcionamento da clínica-escola começa em maio

A instituição contará com uma equipe multiprofissional, formada por
pedagogos especializados em Educação Especial (com função de
orientação educacional, coordenação pedagógica e gestão); professores
de: Educação Artística, Educação Física, Apoio Especializado
(Mediadores), psicopedagogos; recreadores e inspetores cuidadores,
além da equipe administrativa e de apoio comum às unidades escolares.
A clínica-escola oferecerá, ainda, os serviços de fonoaudiologia,
terapia ocupacional, psicologia, odontologia, musicoterapia,
fisioterapia, enfermagem, técnico em enfermagem, equoterapia,
psicomotricista e serviço social (trabalho com as famílias), além de
neurologia, neuropediatria, homeopatia e nutrição.

O projeto da clínica-escola do autista será desenvolvido em duas
etapas. Neste início, serão realizadas as pré-inscrições das famílias
e a parte clínica com as terapias e diagnósticos, e também a formação
dos professores e dos outros profissionais que atuarão na instituição.
A segunda etapa, a ser iniciada no primeiro semestre de 2015, inclui
as atividades educacionais com professores já formados, para atuar
especialmente com os alunos autistas.

Mães elogiam e apoiam iniciativa da prefeitura

Para Berenice Piana, diretora do Movimento Família Azul, o evento
significou o nascimento de um filho. Ela contou que sonhava com este
momento há muitos anos. "Meu filho frequentou uma clínica-escola
particular por 12 anos. E eu pensava que não existia um serviço
público nestes moldes para a população. Meu sonho agora é que cada
município do país tenha uma clínica-escola como essa", disse.

Para a dona de casa Danielli Pacheco Temoteo, de 34 anos, mãe de
Pedro, 5 anos, portador do autismo, e que já estuda na rede municipal
de Itaboraí, a instituição é uma vitória: "Meu filho antes estudava em
um colégio particular, onde ele não evoluiu e tive que tirá-lo de lá.
Na escola municipal ele conseguiu a inclusão e hoje é outra criança. A
inauguração de hoje é mais um passo nessa luta", afirmou.

A aposentada Sônia Barbosa, de 50 anos, é outra mãe que fez questão de
estar presente à inauguração. Sua filha, Laryssa Martins, hoje com 22
anos, nas ceu sem os dois olhos, é cadeirante e autista. Há cerca de
10 anos, Sônia fundou o Espaço Cultural Laryssa Martins, para
desenvolver atividades artísticas não só para sua filha, mas também
para crianças especiais, sejam cegas, cadeirantes e com síndrome de
down entre outras. "Estou muito feliz. Sou cidadã de itaboraí e sei da
importância de termos uma instituição como essa, agradeço muito à
Berenice Piana. Para quem tem dinheiro, é menos sofrido, agora quem
não tem faz o que? Fica em casa com a criança sem tratamento", disse.

Para Geruza dos Santos, 30 anos, professora e diretora de uma escola
municipal, mãe de Davi, de 5 anos, e que participa do grupo Família
Azul há dois anos, "minhas esperanças são enormes. Estou muito feliz,
pois não havia tratamento particular em Itaboraí", afirmou.

 Profissionais da educação especial também comemoram inauguração da
clínica-escola

A professora e psicóloga Rosimara de Oliveira, de 43 anos, que assume
a direção da clínica-escola, espera dar continuidade à concretização
do sonho das famílias dos autistas. "Estamos apostando na inclusão e
na superação das dificuldades que são próprias dos autistas",
concluiu.

De acordo com Valéria Sales, coordenadora de educação especial do
município, o trabalho já começou. "Já temos uma reunião agendada com a
equipe para traçarmos algumas linhas de atuação e, a partir da semana
que vem, vamos passar para as escolas e para a comunidade o período de
inscrições. O funcionamento da clínica-escola acontece, efetivamente,
a partir de maio", informou.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Prefeitura forma 81 idosos em curso de informática


O Programa “Vida em Movimento” da Prefeitura de Itaboraí promoveu no último dia 04, a formatura dos alunos da turma de informática. Com muita emoção e alegria 81 idosos com mais de 50 anos receberam das mãos do prefeito Helil Cardozo, do vice-prefeito, Audir Santana e da primeira dama e Coordenadora do programa, Ana Cardozo, os seus diplomas.

Entusiasmada e agora antenada com o mundo da informática, Liosa Souza, de 72 anos, falou como foi bom o curso para ela. “Eu não sabia nem ligar o computador, por isso o curso pra mim foi muito proveitoso. Agora sei pelo menos o básico. Gosto demais desse programa que sempre tem algo de novo para aprendermos”, disse.

O prefeito Helil Cardoso falou sobre o seu desejo de mudar a vida das pessoas de Itaboraí para melhor e citou esse projeto como exemplo. “Como prefeito, só estarei realizado quando desenvolver projetos que possam mudar a vida da população. Esse é um belíssimo exemplo de inclusão social e digital. Hoje a informática e a internet não serão mais um bicho papão para essas pessoas. A idade não é mais um empecilho”, afirmou.

O vice-prefeito também aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância da comunicação na vida das pessoas. ”A capacidade de se comunicar é muito importante e esse curso, com certeza, fará muita diferença na vida de todos. Tenho que elogiar a Ana Cardozo por essa iniciativa, você está tirando um grande sonho do papel”, afirmou emocionado Audir Santana.

O “Vida em Movimento” visa resgatar a autoestima e o bem estar da população de Itaboraí com mais de 50 anos de idade, proporcionando melhor qualidade de vida por meio do incentivo à prática de diversas ações. Funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. A sede fica na Rua Vicente Celestino, 4, Quadra B, Lote 122, Centro, Itaboraí.

Erica Saraiva assume presidência do Itaprevi


O ex-presidente Geraldo Saraiva toma posse da vaga de vereador

Depois de 15 meses de mandato, o presidente do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Itaboraí (Itaprevi), Geraldo Saraiva de Miranda, passou na quinta-feira (03) o cargo para assessora de comunicação Erica Gonzalez Saraiva, que assume a gestão da autarquia.

Na presença do Prefeito Helil Cardozo, o ex-presidente se despediu dos servidores do Executivo em meio a uma emocionada cerimônia, que contou ainda com a presença do vice-prefeito, Audir Santana, dos presidentes do comitê de investimentos e do conselho administrativo do instituto, Flávio Carvalho e Joarez Fonseca, do presidente da Câmara Municipal, Marcos Araújo, vereadores, secretários, autoridades e funcionários.

Por uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, Geraldo Saraiva tomou posse da vaga aberta por conta do afastamento do vereador Lucas Rogério Baptista Borges (SOLIDARIEDADE), cassado por abuso de poder econômico, até que o processo seja julgado em instâncias superiores.

Sexto Mandato

O ex-presidente do Itaprevi chega ao sexto mandato como vereador com a meta de cobrar soluções nas áreas de meio ambiente e educação, em parceria com a base aliada do governo.

“Minha luta é correr atrás das promessas feitas pelo Comperj para Itaboraí e cobrar deles às nossas reivindicações. Deus me deu força e saúde para estar por 15 meses à frente desta autarquia. Quando fui convocado para assumir a instituição, em janeiro de 2013, tínhamos R$ 82 milhões em caixa. Hoje deixo a gestão com R$ 103 milhões. Mesmo com todas as dificuldades conseguimos avançar”, afirmou em seu discurso. “Fui convocado para assumir a cadeira do companheiro Lucas Borges por determinação da justiça. Se ele conseguir reverter a situação em Brasília, da mesma forma que assumi, sairei de cabeça erguida e paz na consciência”, declarou Saraiva.

Geraldo também comentou sobre os avanços conquistados em sua gestão.

“Além do aumento de mais de R$ 20 milhões no caixa do instituto, temos hoje cerca de 980 beneficiários, entre aposentados e pensionistas, contamos com 35 médicos em nossa rede de assistência e deixo a casa totalmente arrumada, bem diferente de quando encontrei. Destaco também que este é o melhor grupo de trabalho que eu tive em meus 30 anos de vida pública”, acrescentou.

Continuidade da gestão

Também nascida e criada em Itaboraí, no bairro Nova Cidade, Erica Gonzalez Saraiva, 34 anos, é formada em Comunicação Social e pós-graduada em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas. Há seis anos atua na Prefeitura de Itaboraí como assessora de comunicação social e a partir desta sexta-feira assume a presidência do Itaprevi com o objetivo de dar continuidade a gestão.

Erica tem a seu favor o fato de ser filha do ex-presidente Geraldo Saraiva e conhecer de perto todos os trabalhos desenvolvidos na autarquia desde o início desta gestão.

“Agradeço ao prefeito pela confiança, por acreditar na minha capacidade de estar à frente de um cargo relevante como este no município. Quero trilhar uma trajetória que minha família, meus companheiros de trabalho, meus amigos tenham orgulho da minha passagem pelo Itaprevi”, afirmou bastante emocionada após ser presenteada por sua filha, Eduarda, de 3 anos, com um buquê de rosas.

O presidente da Câmara, Marcos Araújo, também parabenizou a nova gestora.

“Tenho certeza que você não só vai dar continuidade aos trabalhos, mas melhorar ainda mais esta instituição, por conta de sua competência, determinação e seriedade. Desejo muito sucesso neste seu novo desafio e dou boas-vindas ao meu mais novo companheiro de Câmara, a quem nutro profundo respeito e admiração”, ressaltou.

O vice-prefeito Audir Santana também frisou as qualidades do mais experiente vereador do município e elogiou a escolha da nova presidente.

“Estou certo que o desempenho de Geraldo Saraiva na Câmara será brilhante, como foi em todos estes anos de sua vida pública, sempre pautada na busca pelo entendimento e pelo diálogo. A Érica tem um modelo de pai, de professor, que prima por conquistas, avanços e vitórias. É isso que esperamos para esta gestão”, disse Audir.

O prefeito Helil Cardozo ressaltou que a indicação da nova presidente foi uma determinação exclusiva dele.

“A gestão do Geraldo Saraiva foi marcada por muitas conquistas, tendo a harmonia como a mais significativa. Indiquei a Erica Saraiva para dar continuidade aos trabalhos, mas sei que teremos novos projetos, sempre pensados em nossos servidores. Parabenizo o Geraldo pelo período que esteve no comando do Itaprevi e tenho certeza que a nova presidente fará uma excelente gestão”, concluiu o prefeito.

Projeto "Horta Escolar" é exemplo em Saúde Nacional


O projeto "A horta escolar é uma vitória compartilhada - Uma ação
intersetorial", da Unidade de Saúde da Família do bairro Santo
Antônio, foi premiado na IV Mostra Nacional de Experiências em Atenção
Básica, a mais importante do Brasil sobre o tema. O encontro foi
realizado em Brasília, pelo Ministério da Saúde, e reuniu cerca de 10
mil trabalhadores, gestores e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)
de todo o País no período de 12 à 15 de março.

Foram apresentadas 4.351 experiências de várias regiões do Brasil,
sendo que 1380 estavam concorrendo às premiações. Itaboraí ficou na
47ª lugar entre os 100 melhores relatos. Para o secretário de Saúde de
Itaboraí, Edilson Francisco dos Santos, a premiação de um projeto do
município, dentro de um encontro a nível nacional, é resultado do
esforço que a Prefeitura direciona para saúde.

 "As iniciativas contribuem para reflexão e a constante melhoria nos
serviços que constituem o principal ponto de contato dos usuários com
o SUS: a Atenção Básica", afirmou Edilson.

"A horta escolar é uma vitória compartilhada - Uma ação intersetorial"
utiliza técnicas de plantio para ensinar às 260 crianças da Escola
Municipal Neusa Salles e do CIEP Miguel Cervantes 415, ambos
localizados em Manilha, a importância da alimentação saudável para
melhoria da qualidade de vida dos estudantes, dentre outras ações
educacionais no âmbito da saúde.

 "Os agentes comunitários tiveram a ideia de fazer uma horta e
colocaram a mão na massa, ou melhor, na terra. A aceitação dos alunos
foi grande e muitos já levaram mudas para serem plantadas em casa. As
crianças aprendem a se alimentar melhor e, com isso, já percebemos uma
diminuição significativa nos índices de anemia e obesidade", explicou
a enfermeira Aline Guzzo.

 Também foi organizado nos fundos do posto de saúde uma horta, que era
apresentada aos pacientes hipertensos e diabéticos para que eles
iniciassem o cultivo de hortaliças em suas residências.



"Para toda equipe foi uma experiência única a participação na Mostra
de Saúde. O projeto permitiu que a estratégia oferecesse para os
alunos e para os usuários do SUS à ação educativa aliada à prática
sustentável, promovendo a alimentação saudável e a aprendizagem do
cultivo domiciliar", afirmou a autora da ideia, Diana Dantas.

A IV Mostra Nacional de Experiências em Atenção Básica teve como
objetivo principal recolher depoimentos que relatassem boas
experiências e ações de cada Unidade Básica inscrita. Mais informações
sobre a premiação no site:
http://www.mostrasaude.net/hotsite-noticia/conheca-os-premiados-da-iv-mostra.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Papa canoniza santo que fez milagres em Itaboraí


Foi assinado nesta quinta-feira (03/04), pelo papa Francisco, o decreto de canonização do padre José de Anchieta. Nascido na Ilha de Tenerife, na Espanha, em 1534, o agora santo veio ao Brasil aos 15 anos de idade com a finalidade de anunciar o evangelho, tendo morado parte de sua vida em Itaboraí.
São José de Anchieta passou seis meses em São Barnabé, aldeia indígena organizada pelos jesuítas na área onde hoje se localiza Itambi. No local, segundo o historiador Simão de Vasconcelos, ele teria realizado dois milagres: deslizado para o mar uma canoa que nem os índios conseguiam transportar de tão pesada, e feito uma bando de pássaros guarazes fazerem sombra sobre ele e os índios que conduziam a canoa sob Sol forte.
"É um orgulho imenso para toda a cidade saber que estamos contidos nessa história. É uma honra muito grande" - disse Cláudio Rogério Dutra, presidente da Fundação Cultural de Itaboraí, relembrando que Frei Galvão, santo brasileiro, também viveu no município, realizando todo o seu seminário no Convento São Boaventura, em Porto das Caixas.

Os jesuítas

A ação evangelizadora dos jesuítas no Brasil teve início em 1549 por determinação de Dom João III, então rei de Portugal. Na capitania do Rio de Janeiro, além de São Barnabé, houve quatro outras aldeias: São Lourenço (Niterói), Itingá (Itaguaí), São Pedro (Cabo Frio) e Guaratiba (Rio de Janeiro).

Exposição arte e moda na Casa de Cultura


quinta-feira, 3 de abril de 2014

CONVITE PARA II REUNIÃO TEMÁTICA DA AGENDA 21 ITABORAÍ

CONVITE PARA II REUNIÃO TEMÁTICA DA AGENDA 21 ITABORAÍ


Prezados,


O Fórum da Agenda 21 de Itaboraí tem imensa satisfação em convida você para participar da Palestra: O que é Agenda 21. Contamos com a sua presença.

Data: 10/04/2014
Local: Faculdade Cenecista - Rua Presidente Costa e Silva, 212 - Centro, Itaboraí
Horário: 16h


Palestrantes:
Ana Paula Costa

Cordialmente,

02 de abril 2014

Arthur Crispino

________________________________________

Coordenação do Fórum da Agenda 21 de Itaboraí

Dia Mundial do Livro é celebrado em Itaboraí com Juareis Mendes


Dezenas de alunos da cidade compareceram, nesta quarta-feira (02/04),
à Biblioteca Municipal Joaquim Manoel de Macedo, no Centro, para
celebração do Dia Mundial do Livro, mesma data em que se comemora o
Dia Internacional do Livro Infantil. A atração do evento foi o artista
Juareis Mendes, que encantou a todos com o estilo original de suas
obras.
"Precisamos resgatar a cultura literária na população de Itaboraí.
Vivemos uma época na qual, muitas vezes, os livros são deixados de
lado, quando são uma fonte indispensável na busca pelo conhecimento e
atualização" - disse Wanderson Silvas, diretor da biblioteca.
Juareis tem mais de 30 anos de profissão. Ele veio do Maranhão para
vender livros, aprendeu sozinho a falar inglês, escrever e desenhar, e
começou a realizar seus próprios trabalhos, que já somam sete livros.
Atualmente, ele, que é famoso por desenvolver uma técnica artística
que mistura os traços com letras e algarismos, está escrevendo o
oitavo, que é uma referência ao Hino Municipal de Chapadinha, sua
cidade natal, no Maranhão.
"Já estive várias vezes em Itaboraí. É sempre muito bom e produtivo.
Hoje, então, pelo Dia do Livro, se torna ainda mais especial. Agradeço
bastante por ter sido convidado. Espero ter ajudado os jovens a
enxergarem uma forma diferente de fazer arte. O desenho tem que ser
estimulado. É uma excelente forma de trocarmos conhecimento e
expressarmos nossos sentimentos" - disse Juareis.
O evento foi aberto com uma palestra de Juareis,  ao mesmo tempo em
que ele criava seus desenhos em um quadro branco. Durante os
"rabiscos" (como ele mesmo os chama), contava com a ajuda dos
estudantes para cantarem músicas relacionadas. A interação foi tanta
que, após encerrar o evento, vários adolescentes pediram para tirar
foto com o autor.
"Fiz questão de gravar toda a palestra, pois ele nos mostrou métodos
interessantes para trabalharmos com as crianças no futuro. A visão
artística e pedagógica dele é fantástica. Gostei bastante!" - disse
Eriton Baio, estudante do 1º ano do ensino médio do curso de formação
de professores do Colégio Estadual Visconde de Itaboraí.

Mês do livro

A Prefeitura vai estender por todo o mês de abril a comemoração pelo
Dia Mundial do Livro. Em todas as quartas-feiras do mês (exceto o
feriado de São Jorge, em 23/04), a Secretaria Municipal de Educação e
Cultura realizará contações de estórias para crianças da rede
municipal de ensino. Na última edição do mês, em 30/04, o encerramento
contará com uma apresentação de teatro na Casa Heloísa Alberto Torres.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Itaboraí inaugura primeira clínica-escola para autistas


O espaço tem capacidade para até 100 autistas e funcionará também como
centro de capacitação de profissionais

Em 1º de abril,véspera do Dia Mundial de Conscientização do Autismo,
foi inaugurada em Itaboraí, na região metropolitana do Rio, a
primeira clínica-escola para autistas do Brasil. É uma iniciativa da
Prefeitura do município, atendendo a uma antiga luta do Movimento
Família Azul, liderado por Berenice Piana di Piana, mãe de um jovem
autista, de 19 anos. Foi ela quem inspirou a Lei federal 12764/12, que
assegura a matrícula de autistas na rede regular de ensino. A lei,
aliás, leva o nome de Berenice. De acordo com dados do Movimento
Família Azul, hoje em Itaboraí e municípios da região existem cerca de
três mil autistas; no Rio são 180 mil; e no Brasil, 2 milhões.

Segundo a coordenadora de educação especial do município, Valéria
Sales, a clínica-escola não irá substituir o ensino na escola regular,
funcionará como local de triagem para casos mais graves de autismo,
cujos portadores apresentam hipersensibilidade. Terá capacidade para
até 100 autistas, que permanecerão na clínica até estarem aptos ao
ensino regular. Além de psicólogos e fonoaudiólogos, o espaço, mantido
pela Prefeitura, por meio das Secretarias de Educação e Saúde, terá
terapeutas ocupacionais e neuropediatra para diagnóstico. Também
funcionará como centro de capacitação de profissionais que lidam ou
pretendam lidar com portadores da síndrome.

Segundo a secretária de Educação, Susilaine Duarte, na rede municipal
existem 500 alunos especiais, deste total, 50 são autistas. "Eles
recebem atenção de professores mediadores e inspetores cuidadores. A
clínica-escola não irá eliminar esse trabalho nas escolas, ela ajudará
no atendimento aos casos mais extremos e na inserção deles na rede
regular", afirma a secretária.

Para Berenice Piana, a clínica-escola de Itaboraí servirá de modelo
para todo o País não só no tratamento de autistas, mas na formação e
capacitação de profissionais. "A inauguração desta escola representa
um grande avanço para as famílias de autistas. Hoje no Brasil há uma
legião de adultos autistas que nunca foram tratados. Poucas pessoas
sabem lidar com a síndrome e por isso a clínica-escola é importante,
especialmente no esclarecimento às famílias e formação de
profissionais das áreas de saúde e educação", afirma Berenice.

Em outubro do ano passado, Berenice procurou o prefeito da cidade,
Helil Cardozo, para apresentar o projeto da clínica-escola como
primeiro passo para inclusão de autistas na rede regular de ensino. "O
prefeito não só gostou da ideia, como fez questão de visitar outras
associações de pais, como a de Volta Redonda, e em poucos meses nos
apresentou o espaço onde a unidade iria funcionar", contou ela, que
ajudou os técnicos das secretarias de Saúde e de Educação da cidade a
adaptar o imóvel onde a clínica-escola está localizada, no bairro
Venda das Pedras.

"Este espaço não é para segregação e sim para inclusão dos portadores
de autismo na escola e na sociedade. Nosso objetivo é minimizar o
sofrimento das mães. A ideia não é que eles (autistas) fiquem lá para
o resto da vida, mas para que seja adaptado e educado até que esteja
maduro o suficiente para a escola regular. Sou totalmente a favor da
inclusão do autistas no ensino regular e também apoio o ensino
especial para quem necessite", declarou o prefeito Helil Cardozo.

Durante a solenidade de inauguração da clínica-escola houve uma
apresentação do tenor e pianista Saulo Lucas, que é autista.

 

Postagens populares