segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Prefeitura de Itaboraí intensifica campanha do IPTU 2013


A Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria de Fazenda, intensifica a divulgação da campanha relativa ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Canais de comunicação como outdoors, carros de som e rádios locais têm sido usados para informar a população sobre as condições de pagamento. Quem decidir pela cota única até o dia 31 de março, terá uma redução de 40% no valor do IPTU. Já quem quiser parcelar em até 10 vezes, iniciando a primeira parcela até o dia 10 de março, a redução será de 20%.

 “A população tem demonstrado confiança em nossa gestão. Os contribuintes estão procurando a Secretaria de Fazenda em grande número para retirar a segunda via do IPTU ou buscar informações sobre a quitação do imposto”, comentou o  secretário da pasta, José Mauro Soares.

Mais de 100 mil carnês de IPTU estão sendo enviados aos contribuintes até a primeira semana de março. A Prefeitura conta com três modalidades de envio: por correspondência, para pessoas que residem dentro ou fora da cidade; por entrega domiciliar, realizada por funcionários da instituição devidamente uniformizados; e pela internet, por meio do site oficial da prefeitura (www.itaborai.rj.gov.br). O documento também pode ser retirado no departamento de Arrecadação da Secretaria de Fazenda.

O pagamento poderá ser feito até a data do vencimento nas agências bancárias do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Itaú, HSBC e Bradesco, além de casas lotéricas e internet banking.  Mas os contribuintes devem ficar atentos: as parcelas não quitadas dentro dos vencimentos serão acrescidas de multas e juros previstos no Código Tributário Municipal.

Para esclarecer dúvidas sobre IPTU, regularizar seus débitos municipais ou emitir a 2ª via do imposto, o contribuinte pode procurar o Departamento de Arrecadação da Secretaria Municipal de Fazenda, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O setor fica na Rua Dr. Fidélis Alves, 101, Centro, Itaboraí.

Isenção

Os idosos podem requerer a isenção do IPTU. Para ter direito ao benefício é necessário ser maior de 65 anos, comprovar renda familiar de até dois salários mínimos e ser proprietário de apenas um imóvel, residindo nele (se no terreno do idoso houver mais de uma residência, a isenção é para apenas uma casa). O beneficiário fica isento do IPTU, pagando somente as demais taxas inerentes ao imóvel, se houver.

Os portadores de deficiência física e mental e do vírus HIV também têm direito a isenção do imposto. Basta apresentar exame ou laudo que ateste a doença, o documento do imóvel, cópia da identidade, CPF, carnê do IPTU e contracheque ou extrato bancário atualizado que comprove a renda mensal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta a página do Viva Itaboraí no Facebook http://www.facebook.com/VivaItaborai

Postar um comentário

Postagens populares